O que o Bahia precisa para escapar do rebaixamento à Série B

O Bahia precisa vencer os dois jogos para ter mais chances de escapar da degola

Foto: Felipe Oliveira/Divulgação/EC Bahia

Assim como na edição passada, o Esporte Clube Bahia mais uma vez chega na reta final do Campeonato Brasileiro da Série A ameaçado pelo rebaixamento, e desta vez a situação é ainda pior, visto que não depende apenas de si para alcançar a permanência na elite. O Esquadrão ocupa a 17ª colocação, com 40 pontos, e precisa de uma combinação de resultados para evitar a queda para a Segunda Divisão. Nesse momento, tem como concorrentes diretos Juventude (15º com 43), Cuiabá (16º com 43) e Grêmio (18º com 39).

 

Nos dois últimos jogos, o Bahia enfrenta adversários que brigam pela Libertadores. Neste domingo, o Tricolor Baiano recebe o Fluminense, às 16h, na Arena Fonte Nova. O time carioca precisa vencer para sacramentar a vaga na Libertadores. Na próxima quinta-feira, a missão será contra o Fortaleza, na Arena Castelão, às 21h30. O Leão do Pici já garantiu vaga na Pré-Libertadores, mas pode chegar na última rodada precisando vencer para ficar com a vaga direta para Libertadores.

O Bahia precisa vencer os dois jogos para ter mais chances de escapar da degola, porém, também pode se salvar vencendo apenas um, no entanto, com uma combinação difícil e pouco provável. O Juventude enfrenta São Paulo (fora) e Corinthians (casa), enquanto o Cuiabá encara Fortaleza (casa) e Santos (fora).

POSSIBILIDADES DE ESCAPAR:

Se vencer apenas um dos dois jogos restantes, o Bahia vai precisar que Juventude ou Cuiabá não pontue mais, ou seja, um dos dois precisam perder os dois jogos. Porém, o Esquadrão precisaria também secar o Grêmio, que tem um ponto a menos, e enfrenta Corinthians (fora) e Atlético-MG (casa).

Se o Bahia vencer um jogo e empatar outro, chegaria aos 44 pontos, e neste cenário, precisa que Cuiabá ou Juventude some, no máximo, mais um ponto nas duas rodadas finais. Além disso, também teria que secar o Grêmio, que vencendo duas, chega aos 45, portanto, a equipe gaúcha precisaria somar apenas 4 pontos.

Se vencer Fluminense e Fortaleza, o Esquadrão alcança 46 pontos, e não correria o risco de ser superado pelo Grêmio. Somando os seis pontos restantes, o Tricolor Baiano precisaria que Juventude ou Cuiabá some no máximo três pontos nos dois jogos finais. Nesse cenário também entram São Paulo, Athletico-PR e Santos. O São Paulo teria que somar somente mais um ponto ou Santos ou Athletico-PR ser derrotado nos dois jogos.

Deixe seu comentário!

2 Comentário

1 Trackback / Pingback

  1. Bahia encara o Fluminense em jogo de 'tudo ou nada' contra o rebaixamento

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*