Rossi fica à disposição de Guto e pode ser fator chave na reta final da Série A

Atacante entrou em campo pela última vez em setembro, quando o Tricolor era comandado pelo argentino Diego Dabove

Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia

Considerado o oitavo melhor ataque da Série A 2021, o Bahia está na frente de equipes que brigam na parte superior da tabela nesse quesito. No entanto, de modo geral, a situação real do rendimento da equipe coloca o time na 16ª colocação, com 33 pontos. Na tentativa de mudar o patamar do clube na competição, o técnico Guto Ferreira pode ter o retorno do atacante Rossi no embate com o São Paulo, no próximo domingo (07), às 18h15, na Arena Fonte Nova.

 

Recuperado de lesão na coxa, Rossi treinou normalmente na última quarta-feira (03) com o restante do elenco. Ele ficou ausente dos gramados por 10 rodadas da atual temporada do Brasileirão. O estiramento muscular grau 2 ocorreu no triunfo sobre o Fortaleza, por 4 a 2, no dia 4 de setembro.

A princípio, o Esquadrão de Aço era treinador por Diego Dabove. Sem o atacante, o Tricolor Baiano venceu duas partidas, empatou seis e perdeu duas, ou seja, um rendimento de 40%. Contudo, com Rossi atuando na Série A, o Bahia venceu cinco, empatou três e perdeu 9, em 17 jogos. O retorno do jogador pode ser um diferencial, visto que ele é o líder em assistências na equipe, com 10 em 36 jogos.

Com cinco passes para tentos dos companheiros no campeonato nacional, ele figura como 12° maior garçom entre os atletas da elite do futebol nacional. Além disso, Rossi tem sete gols anotados na temporada, ficando atrás de Gilberto, com 23, e Rodriguinho, com 9.

Deixe seu comentário!

1 Trackback / Pingback

  1. Avaí anuncia parceria internacional com clube da Superliga Indiana

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*