Ronaldinho Gaúcho pode ser preso novamente por não pagar pensão

Em 2020, o ex-jogador foi detido após entrar no Paraguai com documentos falsificados

Mago dentro de campo enquanto atuou, Ronaldinho Gaúcho segue como alvo dos holofotes fora das quatro linhas. Agora, o ex-jogador recebeu uma intimação da Justiça acerca do pagamento de uma dívida de pensão que possui com a ex-noiva Priscilla Coelho. De acordo com o documento, a dívida deve ser quitada até o dia 1° de dezembro.

 

Desse modo, caso Ronaldinho descumpra o mandato, ele corre risco de ter os bens penhorados e ser preso. Segundo publicação do jornal ‘Extra’, o ex-jogador tem tentado ‘driblar’ oficiais de justiça. Contudo, conforme o advogado de Priscilla, Bruno Medrado, a única solução para o ídolo de Flamengo e Barcelona é  somente quitar o débito.

“Neste caso o procedimento de execução, que já iniciamos para o recebimento do valor, já definido lá no processo que vai julgar a respeito da união estável, desta pensão provisória, não cabe esta discussão. Se ele quiser reverter essa decisão, ele tem que ir no processo principal. Que foi o que deferiu esta pensão provisória de alimentos. Agora é pagar ou pagar”, revelou ao ‘Extra’.

Deixe seu comentário!

1 Trackback / Pingback

  1. Vitória abre venda de ingressos para partida contra o Vila Nova

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*