Renato Gaúcho cita “desgaste grande” e pode mexer no Flamengo contra o Bahia

"estamos devendo bastante, mas vamos melhorar", disse.

FOTO: ALEXANDRE VIDAL/FLAMENGO

Diante da Chapecoense, em jogo que terminou empatado em 2 a 2 na Arena Condá, o Flamengo não contou com alguns jogadores por questões físicas, casos de Arrascaeta, Filipe Luís, Diego, Pedro, Diego Alves, Thiago Maia e Kenedy, além de Isla, que foi convocado para Seleção do Chile. Para a partida contra o Bahia, na próxima quinta-feira, às 19h, no Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro, a presença desses atletas ainda é uma incógnita. Vale lembrar que o time carioca perdeu o meia Everton Ribeiro, expulso.

 

Em entrevista, o técnico Renato Gaúcho admitiu que o time anda devendo futebol, mas citou um “desgaste muito grande” no elenco, e pode ter que preservar alguns jogadores diante do Bahia para evitar lesões, afinal, está se aproximando a final da Copa Libertadores contra o Palmeiras.

“É lógico que estamos devendo bastante, mas vamos melhorar. Pode ter certeza. Dia 27, é um jogo atípico, um jogo de 90 minutos totalmente diferente. Não adianta eu falar que estamos jogando a cada três dias que vão dizer que é desculpa. Mas a realidade é essa. O desgaste é muito grande. Não temos tempo para treinar. Mudamos peças porque os jogadores estão esgotados. Dois jogadores nem deviam jogar e estamos arriscando até perder para o dia 27. São várias cabeças aqui pensando no que é melhor, mas o torcedor pode ficar tranquilo que no dia 27 estaremos inteiros para a decisão.”

Com o resultado diante da Chape, o Flamengo chegou aos 54 pontos e segue na 3ª colocação, com um jogo a menos, porém, 11 pontos atrás do líder Atlético-MG e com chances pequenas de tirar o título do Galo. O Palmeiras é o vice-líder com 55 pontos. Bragantino fecha o G-4, com 49.

Autor(a)

Fellipe Costa

Administrador e colunista do site Futebol Bahiano. Contato: futebolbahiano2007@gmail.com

Deixe seu comentário