Agora é oficial: Bahia anuncia Eugenio Isnaldo e Marcelo Cirino

O argentino Eugenio Isnaldo já está treinando no CT Evaristo de Macedo

Na manhã desta terça-feira, em primeira mão no Sócio Digital, o Esporte Clube Bahia anunciou oficialmente as contratações dos atacantes Eugenio Isnaldo e Marcelo Cirino, que estavam livres no mercdo e chegam para reforçar o setor de ataque do técnico Diego Dabove. O argentino, inclusive, já iniciou os treinamentos no CT Evaristo de Macedo ao lado de compatriotas como o zagueiro Germán Conti, o meio-campista Lucas Mugni e o técnico Diego Dabove. Isnaldo, ex-Defenda y Justicia, costuma atuar na ponta esquerda, tem 27 anos e assinou contrato inicialmente até o final desta temporada.

 

Argentino da cidade de Rosário, terra do craque Lionel Messi, o primeiro é atual campeão da Copa Sul-Americana pelo Defensa y Justicia, tendo inclusive enfrentado o Esquadrão nas quartas de final. Quatro meses depois, em abril de 2021, conquistou a Recopa Sul-Americana diante do Palmeiras, ganhador da Libertadores, quando converteu sua cobrança na decisão por pênaltis, em São Paulo.

Paranaense de Maringá, Marcelo Cirino levantou a Sul-Americana de 2018 e a Copa do Brasil de 2019 pelo Athletico, onde se profissionalizou, após convocações para as seleções brasileiras de base. No título nacional, ficou marcado por uma sequência de dribles que resultou no gol que sacramentou o resultado. Ao todo, marcou 53 tentos em 227 jogos vestindo a camisa do Furacão. Entre a primeira e a segunda passagens, foi comprado pelo Flamengo. De 2015 a 2017, disputou 104 partidas e anotou 24 gols.

Antes de retornar à Arena da Baixada, atuou no Inter e no Al Nasr. Nos Emirados Árabes, balançou as redes 14 vezes em 26 oportunidades. O 2020 de Marcelo aconteceu no Chongqing Lifan, da primeira divisão do Campeonato Chinês. Lá, devido à pandemia, somou 17 jogos, com 6 gols e 7 assistências. Em janeiro, precisou realizar uma cirurgia no joelho e atualmente se prepara para voltar aos gramados, em fase final de recuperação física. Em 2011, aos 19 anos, chegou a ser emprestado ao rival. Agora, aos 29, assinou em definitivo até 2023.

Deixe seu comentário!

2 Comentário

  1. O riscos sempre existem porém com atletas com cirurgia em roelho é muito maior e contrato com dois anos é uma temeridade inexplicável … Faria não pois estaria lidando com dinheiro de um clube supostamente em crescimento …

  2. Contratar um jogador vindo de uma cirurgia no joelho, ainda em fase de repecuraçåo, física e técnica, não seria um investimento de risco? E este contrato de 2 anos não seria um risco aínda maior?
    Quanto ao Eugênio Inaldo, trata se de uma boa contratação e tem tudo para dar certo.
    Esperamos que o Bahia faça um segundo turno digno das tradições do clube, porque o primeiro foi simplesmente desastroso,o pior da história do Bahia na série A, pontos corridos.

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*