Ex-Bahia, Renê Júnior é anunciado pela Chapecoense e receberá apenas auxílio moradia

O jogador, com passagem destacada pelo Bahia, assinou com a Chape um contrato de produtividade

Foto: Alessandra Seidel/ACF

Nesta terça-feira, a Chapecoense anunciou a contratação do volante Renê Júnior, de 31 anos, que estava sem clube desde o fim da temporada passada, após deixar o Coritiba. O jogador, com passagem destacada pelo Bahia, assinou com a Chape um contrato de produtividade e receberá apenas auxílio moradia até o final de 2021, além disso, terá um tempo maior para recuperar a forma física, segundo comunicado do clube. Caso consiga ter ritmo de jogo, o vínculo será aumentado para o próximo ano. Ele não joga desde agosto de 2020.

 

Natural do Rio de Janeiro (RJ), Renê dos Santos Junior surgiu no Estácio de Sá e também passou pela base do Madureira-RJ. Acumula passagens ainda por Figueirense, Democrata-GV, Salgueiro, Mogi Mirim, Ponte Preta até chegar aos Santos em 2013. No ano seguinte, foi contratado pelo Guangzhou Evergrande, da China, ficando no futebol chinês duas temporadas e retornando ao Brasil em 2016 para defender a Ponte Preta. Em setembro de 2016, foi emprestado ao Bahia, onde se destacou. Após atuar 9 vezes em 2016, ele se firmou como titular em 2017, entrando em campo 48 vezes e marcando 5 gols. Porém, não permaneceu e decidiu se transferir para o Corinthians. No clube paulista, conviveu com as lesões e só atuou 13 vezes em duas temporadas (2018-2019). Foi emprestado ao Coritiba, onde disputou apenas dez jogos, três deles pela Série A.

VEJA O ANÚNCIO DA CHAPECOENSE:

A Associação Chapecoense de Futebol oficializou, nesta terça-feira (31), a contratação do atleta Renê Júnior. O volante de 31 anos firmou contrato de produtividade com o clube alviverde e, a princípio, receberá apenas auxílio moradia.

Em seu currículo, Renê registra passagens pelo Fluminense, pelo Figueirense, pela Ponte Preta, pelo Santos, pelo Bahia, pelo Corinthians e pelo Coritiba – além de passagem pelo futebol chinês, onde defendeu o Guangzhou Evergrande.

Por ter disputado a sua última partida oficial em agosto de 2020, o volante passará por um período maior de preparação física a fim de recuperar o ritmo e estar preparado para os compromissos da sequência da temporada 2021 e, principalmente, da temporada 2022.

Deixe seu comentário!

1 Comentário

  1. O mundo do futebol da muitas voltas, não que eu seja contrario que o jogador de futebol procure suas melhoras, mas, Renê Junior estava muito bem aqui, ai o Cúrintia que não paga a ninguém ofereceu a ele o dobro do salário, seu empresário não pensou duas vezes, foi para lá não se deu bem, se contundiu, ficou sem receber os salários prometidos, entrou na justiça e espera decisão para receber seus salários, o Cúrintia fez a mesma coisa com Vina do Ceará, prometeu dobrar seu salário, para ele forçar sua saída do clube, o Ceará resolveu cobrir a proposta, hoje ele recebe mais de quinhentos mil reais, seu futebol sumiu assim que renovou, amargou reserva. E agora vem aos poucos ganhando nova chance, ele e seu empresário foi quem procurou isso, agora infelizmente está jogando de graça, recebendo apenas um auxilio, tomara que ele retome seu futebol e adquira mais respeito ao clube que deu a ele a chance de mostrar seu futebol para o Brasil.

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*