Apresentado, Rodallega promete muitos gols e revela conversa com ex-Bahia

Hugo Rodallega conversou com o meia Índio Ramirez e com Pablo Armero

Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia

O atacante Hugo Rodallega, anunciado na última semana como novo reforço do Esporte Clube Bahia, se apresentou na tarde desta quinta-feira no CT Evaristo de Macedo para realizar os tradicionais exames médicos e conhecer os novos companheiros de clube, e em seguida foi apresentado e falou pela primeira vez como jogador tricolor. Ele prometeu muitos gols e exaltou a estrutura do clube. O centroavante colombiano, de 35 anos, só poderá entrar em campo a partir de agosto, quando a janela de transferências internacional estará aberta e ele poderá ser inscrito pelo Tricolor. Seu último clube foi o Denizlispor, onde disputou 69 jogos e marcou 20 gols nas duas últimas temporadas.

 

“Vai ser interessante [jogar no Brasil], uma responsabilidade grande. Estou preparado, com muita experiência para tentar fazer o melhor. Digo que é uma expectativa muito grande, com muita gana para ajudar a equipe do Bahia. É uma oportunidade importante para mim, para minha carreira, para minha família. É uma oportunidade de jogar na melhor liga da América do Sul, que é a Liga Brasileira, torneio muito importante. Estou fazendo parte do Bahia. Vamos trabalhar para fazer o melhor possível. Os torcedores esperam gols. Vou me preparar bem para fazer muitos gols. Sobre a estrutura, é impressionante. Falava anteriormente que na Europa tem muitos campos bons de treino. Esse está no mesmo nível. Felicitações ao Bahia.”

Antes de assinar com o Bahia, Hugo Rodallega pediu informações a dois compatriotas conhecidos da torcida tricolor. O lateral Armero, que vestiu a camisa do clube em 2017, e o meia Índio Ramírez, que está no clube e se recupera de lesão. “Do Bahia tenho algumas coisas que Ramirez me contou. Falei anteriormente com Armero. Me falou da cidade, do clube, disse que é um clube importante, que vou estar tranquilo e feliz. Que tenho que desfrutar de estar no Bahia.”

Rodallega tinha proposta de clubes de diferentes países, mas escolheu o Bahia. “Tinha outras propostas da Grécia, Turquia. Escolhi a proposta do Bahia por ser interessante para mim. Disse anteriormente, é a melhor liga da América do Sul. Projeto novo, cultura nova para mim e para minha família. Queríamos estar mais perto de nossa casa também, para sentir um pouco mais o sabor latino e sul-americano encerrou o atacante.”

Natural de El Carmelo, na Colômbia, Hugo Rodallega Martínez surgiu no Quindío, da Colômbia e também passou pelo Deportivo Cali no seu país antes de se transferir para o futebol mexicano onde defendeu Monterrey, Atlas e Necaxa. Em 2008, foi contratado pelo Wigan Athletic, da Inglaterra, onde ficou até meados de 2012 quando acertou com o Fulham-ING. Deixou o futebol inglês em 2015 sendo contratado pelo Akhisar, da Turquia. No futebol turco também defendeu Trabzonspor e Denizlispor. No seu último clube, o Denizlispor, disputou 69 jogos e marcou 20 gols nas duas últimas temporadas. Sua melhor temporada foi em 2015/2016, quando marcou 21 gols em 37 jogos pelo Akhisar. Também acumula convocações para Seleção Colombiana, disputando 44 partidas.

Comentários:

3 Comentário

  1. agora o presidente covarde e incompetente, sem metade do fraco e incompleto elenco, a única contratação que seria boa para o bahia seria contratar marcelo pa( atual presidente do fortaleza) para assumir essa casa sem dono e sem gestão que se transformou o finado maior clube do nordeste.

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*