Bahia joga bem, mas sofre virada do Palmeiras nos minutos finais

O Esquadrão teve uma grande atuação em um jogo eletrizante, mas vacilou

Foto: Marcos Ribolli

O Esporte Clube Bahia entrou em campo neste domingo buscando quebrar o longo tabu de quase uma década sem vencer o Palmeiras. O último triunfo tricolor sobre o alviverde foi no dia 26 de julho de 2012, quando venceu por 2 a 0, com dois gols do atacante Souza “Caveirão”, na Arena Barueri, pelo Brasileiro. O Esquadrão teve uma grande atuação em um jogo eletrizante nos 90 minutos, porém, acabou vacilando nos minutos finais e deixou escapar o triunfo na casa do adversário. O time baiano saiu atrás no placar, buscou a virada, mas vacilou na defesa e levou a virada do Palmeiras, perdendo por 3 a 2, um resultado muito amargo pelo futebol apresentado pelo Tricolor.

 

Com o revés, o Bahia caiu para a 5ª colocação, com 11 pontos, sendo superado pelo Palmeiras que chegou aos 13 e subiu para o 3º lugar. A rodada será finalizada nesta segunda-feira com o duelo entre Atlético-GO e Red Bull Bragantino.

O primeiro tempo foi bastante movimentado no Allianz Parque. O Palmeiras começou melhor e abriu o placar cedo, aos 5 minutos, em bela cobrança de falta do meia Gustavo Scarpa. Porém, a resposta do Bahia foi rápida. Aos 10 minutos, Rodriguinho cruzou e o zagueiro Luiz Otávio marcou de cabeça. O Verdão quase fez o segundo com Luiz Adriano que parou em boa defesa de Matheus Teixeira e Danilo Barbosa que parou na trave, mas impedido, entretanto, depois disso, só deu Esquadrão. Foram inúmeras chances criadas, com Matheus Bahia, Rodriguinho, mas as principais com Gilberto, que chegou a carimbar o travessão (em impedimento) e perder um gol incrível furando embaixo da trave. Perto do fim, o meia Thaciano saiu cara a cara com Jailson, mas tentou encobrir o goleiro e acabou praticamente recuando a bola.

O jogo seguiu MUITO BOM no segundo tempo, lá e cá, com as duas equipes buscando o gol. Pelo lado do Bahia, o atacante Rossi fez boa jogada e carimbou a trave. O Palmeiras respondeu com Breno Lopes que foi bloqueado pelo goleiro Matheus Teixeira. Aos 26 minutos, o meia-atacante Maycon Douglas perdeu uma grande chance finalizando para fora na pequena área. Dois minutos depois, ele se redimiu e fez uma grande jogada, passando fácil pela defesa e dando um toque por cima de Jailson. Aos 32, o Verdão chegou ao empate com Raphael Veiga desviando falta cobrada por Gustavo Scarpa. O Tricolor não se abateu com o gol e quase fez o terceiro aos 36 com Daniel, que parou na trave.

O Esporte Clube Bahia voltará a campo na próxima quarta-feira (30), às 19h, para enfrentar o América-MG, no Estádio Metropolitano de Pituaçu, pela 8ª rodada do Campeonato Brasileiro. Já o Palmeiras, no mesmo dia e horário, visita o Internacional no Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS).

FICHA TÉCNICA
PALMEIRAS 3 X 2 BAHIA
BRASILEIRO SÉRIE A (7ª RODADA)

Local: Allianz Parque, em São Paulo
Data: 27/06/2021 (domingo), 20h
Árbitro: Dênis da Silva Ribeiro (AL)
Assistentes: Esdras Mariano de Lima Albuquerque e Brígida Cirilo Ferreira (ambos de AL)
VAR: Junio Benevenuto (MG)

GOLS: Gustavo Scarpa, Raphael Veiga e Breno Lopes (Palmeiras) / Luiz Otávio e Maycon Douglas (Bahia)

PALMEIRAS
Jailson; Marcos Rocha (Gabriel Menino), Luan, Kuscevic e Victor Luis; Danilo (Patrick de Paula), Danilo Barbosa (Zé Rafael) e Gustavo Scarpa; Breno Lopes, Rony (Deyverson) e Luiz Adriano (Raphael Veiga).

BAHIA
Matheus Teixeira; Nino Paraíba, Luiz Otávio, Juninho e Matheus Bahia; Patrick de Lucca (Jonas), Thaciano (Pablo) e Daniel; Rodriguinho (Maycon Douglas), Rossi (Óscar Ruiz) e Gilberto.

Autor(a)

Fellipe Costa

Administrador e colunista do site Futebol Bahiano. Contato: futebolbahiano2007@gmail.com

Deixe seu comentário