Bahia deve recorrer das punições de Nino Paraíba, Juninho e Daniel

Os jogadores estão cumprindo suas penas na Copa do Brasil e Campeonato Brasileiro

Foto: Thiago Gadelha

Julgados pela Terceira Comissão Disciplinar do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), os jogadores envolvidos na confusão na final da Copa do Nordeste na Arena Castelão, no dia 8 de maio, foram punidos. O atacante Steven Mendoza, do Ceará, pegou a pena mais dura, com oito jogos de suspensão. Jael, também do Ceará, e Nino Paraíba, do Bahia, foram punidos com sete jogos de gancho. Daniel e Juninho, pelo lado tricolor, e Gabriel Dias, pelo alvinegro, foram condenados a seis jogos de suspensão. Os clubes podem recorrer da decisão, o que levaria a um novo julgamento no Pleno do STJD.

 

Os jogadores estão cumprindo suas penas na Copa do Brasil e Campeonato Brasileiro, competições que também são organizadas pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF), visto que a Copa do Nordeste já encerrou. No entanto, de acordo com informação do Bahia Notícias, o setor jurídico do Bahia pretende recorrer das punições após o jogo contra o Internacional, marcado para o próximo domingo (13). A ideia é ter o lateral Nino Paraíba, o zagueiro Juninho e o meia Daniel à disposição para os jogos das oitavas de final da Copa do brasil. Nino já cumpriu quatro, enquanto Juninho e Daniel cumpriram dois.

Comentários:

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*