Bahia recebe R$ 13 milhões da 1ª parcela da Turner para a Série A

O valor total do acordo é de R$ 182 milhões, mas os outros 50% serão pagos apenas no fim do campeonato

Nesta semana, a WarnerMedia começou a pagar as cotas dos direitos de transmissão do Campeonato Brasileiro da Série A 2021, aos sete clubes que possuem contrato ativo com a Turner. Na primeira leva, os clubes recebem R$ 91 milhões. De acordo com informação de Gabriel Vanquer, ao portal UOL Esportes, cada clube vai receber R$ 13 milhões, entre eles o Esporte Clube Bahia, além de Palmeiras, Santos, Athletico Paranaense, Juventude, Fortaleza e Ceará. O valor total do acordo é de R$ 182 milhões, mas os outros 50% serão pagos apenas no fim do campeonato.

 

A divisão do 50% restante é da seguinte forma: 25% será por audiência das transmissões realizadas. A última parcela ficará por posição na tabela. Neste último quesito, o time mais bem colocado e que tenha contrato com a programadora ganha mais.

Em 2016, a WarnerMedia queria pagar R$ 500 milhões para todos os 20 clubes da Série A. Como fechou apenas com sete times, paga proporcionalmente, assim como a Globo faz no seu pacote. No ano passado, a WarnerMedia quase rescindiu com os clubes. O contrato até 2024 foi mantido, porém, foi incluída uma cláusula onde a programadora pode deixar de exibir o Brasileirão em 2022 sem o pagamento de multa.

Outras questões, como reclamações de privilégios dados à Globo, também foram discutidas. O acordo foi costurado pela empresa Livemode, de Edgar Diniz, fundador do antigo Esporte Interativo.

 

Comentários:

2 Comentário

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*