Bahia goleia adversário que entrou em campo com 8 jogadores e avança na Copa do Brasil Sub-20

Jogo foi encerrado aos 73 minutos do primeiro tempo

Na tarde desta segunda-feira (15), o Esporte Clube Bahia estreou na Copa do Brasil Sub-20, e garantiu a classificação para segunda fase ao golear o Perilima, pelo placar de 4 a 1, no Estádio Amigão, em Campina Grande, interior da Paraíba. O jogo, que foi encerrado aos 73 minutos do 1º tempo, teve vários fatos inusitados. Dois jogadores da Perilima se lesionaram e não tiveram mais condições de jogo. O time paraibano começou a partida com sete jogadores na linha e um goleiro improvisado, por conta dos desfalques por Covid-19. Pelo fato de não ter o número mínimo de jogadores para continuar a partida, a equipe de arbitragem decidiu por encerrar a partida. Mesmo com 8 jogadores em campo, foi o Perilima quem abriu o placar, mas o Bahia buscou a virada, com gols de Kerven (duas vezes contra), Daniel Cruz e Christian.

 

A equipe tricolor foi comandada nesse jogo pelo auxiliar Jeanderson Silva, já que o técnico Eduardo Guadagnucci foi expulso no segundo jogo da final da edição de 2020, contra o Vasco. O Esquadrãozinho jogou com: Vinicius, André, Pedro, Kauan Sérgio e Ryan; Luan, Gregory e Hiago; Gustavo, Daniel Cruz e Christian.

Na edição de 2020, o Esquadrãozinho eliminou Fluminense-PI (1ª fase), Ceará (oitavas de final), São Paulo (quartas de final) e Palmeiras (semifinal), chegando na grande final. No primeiro jogo da final, o Bahia fez um bom jogo, abriu o placar cedo com Thiago, mas cometeu erros defensivos cruciais, e o Vasco se aproveitou para vencer de virada por 2 a 1. No Estádio de São Januário, após sair atrás no placar, com gols de Matias e Laranjeira, o Tricolor Baiano reagiu e com gols de Gabriel, Douglas Borel e Marcelo, e vencia por 3 a 2 até os 47 minutos do segundo tempo forçando uma disputa por pênaltis, porém, nos acréscimos Caio Eduardo marcou o gol de empate e garantiu o título do Vasco.

A Copa do Brasil Sub-20 começa com 32 clubes, sendo que 27 são os campeões estaduais da categoria no ano anterior e outros cinco são os vice-campeões estaduais das cinco federações mais bem colocadas no Ranking Nacional de Federações. Na 1ª Fase, os 32 clubes se enfrentam em 16 jogos únicos e os vencedores avançam para as oitavas de final. A partir das oitavas de final, os confrontos são em jogos de ida e volta, passando por quartas de final, semifinal e chegando na final. A competição é disputada desde 2012 e o maior vencedor é o São Paulo, que possui três títulos conquistados em 2015, 2016 e 2018. Os demais campeões foram Vitória (2012), Internacional (2014), Atlético Mineiro (2017), Palmeiras (2019) e Vasco (2020).

 

Autor(a)

Fellipe Costa

Administrador e colunista do site Futebol Bahiano. Contato: futebolbahiano2007@gmail.com

Deixe seu comentário