Bahia está próximo de anunciar mais dois reforços, diz Bellintani

"a limitação financeira e os erros de 2020 nos obrigam a tomar decisões no tempo certo"

Foto: Felipe Oliveira/ECB

O Esporte Clube Bahia anunciou até o momento cinco reforços para a temporada 2021, porém, nenhum deles jogou ainda pelo time principal na Copa do Nordeste. O goleiro Denis Júnior e o volante Pablo foram incorporados ao grupo de transição, que disputa o Campeonato Baiano. O zagueiro Germán Conti, apesar de estar treinando há mais de uma semana e já regularizado, chegou a ser relacionado contra o CSA, mas não entrou em campo. O volante Matheus Galdezani foi regularizado ontem, enquanto o volante Jonas ainda aguarda o nome aparecer no BID da CBF. Já o zagueiro Luiz Otávio, que chegou na semana passada, sequer foi anunciado ainda, mas já está treinando no CT Evaristo de Macedo.

 

Nas redes sociais, o presidente Guilherme Bellintani foi questionado sobre a demora para anunciar os reforços e a perda do zagueiro Messias para o Ceará, e justificou alegando que a limitação financeira e os erros de 2020 obriga o clube a tomar decisões no tempo certo. Porém, o mandatário revelou que o Esquadrão está próximo de anunciar mais duas contratações. Um obviamente é o zagueiro Luiz Otávio, que chegou na semana passada e já treina no CT Evaristo de Macedo, mas ainda não foi anunciado. O outro ainda é uma incógnita, mas poderia ser o meia paraguaio Óscar Ruiz, do Cerro Porteño.

“A temporada 2020 terminou há um mês. Anunciamos quatro contratações, estamos muito próximos de anunciar mais duas. Entendo que precisamos reforçar, mas a limitação financeira e os erros de 2020 nos obrigam a negociar e tomar decisões no tempo certo. Estamos avançados em algumas posições. Outras com mais dificuldade no mercado.

Bellintani admite que o time de 2020 não esteve à altura do que o torcedor merece e garante que terá ainda muitas mudanças no elenco. “A péssima temporada de 2020 já mostrou que o time não esteve à altura do que nosso sócio e torcedor merece. Por isso falei que, nos meus quatro anos de gestão, esse será o que vai resultar em maior mudança no elenco.

O mandatário reiterou as dificuldades por conta da pandemia. “Situação difícil mesmo. No ano de 2020 perdemos 60 milhões em receitas por causa da pandemia. Isso, 60 milhões. Mas nosso esforço diário, intenso, fará com que o clube se recupere. 2021 já mostra uma relativa melhora, mas situação ainda muito difícil.”

Comentários:

4 Comentário

  1. Bellintani vira opção de ACM Neto para chapa de 2022

    O presidente do Esporte Clube Bahia, Guilherme Bellintani, voltou a ser especulado para ser candidato na eleição do próximo ano. Segundo apurou a Tribuna, o dirigente esportivo é hoje uma opção do ex-prefeito de Salvador e presidente nacional do DEM, ACM Neto, para a chapa ao governo da Bahia em 2022. Aos aliados, Neto disse que Bellintani pode ser um nome para competir pelo Senado Federal.

    O democrata soteropolitano tem dito ainda aos correligionários que talvez tenha que “construir uma chapa toda de gente jovem” para o embate eleitoral. ACM Neto e Bellintani estão na faixa dos 40 anos, e disputariam os pleitos contra os septuagenários Jaques Wagner (PT) e Otto Alencar (PSD). Se Bellintani vier a ser candidato mesmo, ele pode ingressar no PDT. A avaliação de ACM Neto, segundo os aliados, é de que a chapa precisaria também sinalizar para os eleitores da centro-esquerda. A sigla, que é comandada pelo deputado federal Félix Mendonça Júnior, se aproximou do grupo democrata no ano passado, quando indicou Ana Paula Matos para ser a vice na composição de Bruno Reis (DEM) à prefeitura de Salvador.

    A reportagem questionou Bellintani se ele tem interesse em competir no pleito, mas ele não respondeu. No ano passado, o dirigente tricolor cogitou ser postulante à prefeitura de Salvador, mas recuou por várias razões. Dentre elas, não queria abandonar o mandato de chefe do clube no meio. Na época, se comentou também que ele desejava ser candidato pelo grupo de ACM Neto, mas não teve oportunidade já que o ex-prefeito tinha escolhido Bruno Reis como seu sucessor. Bellintani chegou a articular para ser o postulante então do governador Rui Costa (PT), mas o petista não teria mostrado tanto interesse e ele teria desistido.

    No primeiro levantamento sobre o cenário eleitoral baiano, que foi divulgado ontem pelo Instituto Paraná Pesquisas, Bellintani, no entanto, não aparece bem. Apenas 1,8% das intenções de votos. O tricolor aparece atrás do ex-prefeito de Feira de Santana, José Ronaldo (DEM), com 7,3%, o secretário de Saúde de Salvador, Leo Prates (PDT), com 2,4%, e Márcio Marinho (Republicanos), com 2%. Embora tenha surgido na consulta, Prates tem dito que será candidato a deputado federal no próximo ano.
    Já Marinho e Zé Ronaldo já demonstraram interesse em integrar a composição de ACM Neto. Se a avaliação de ACM Neto prevalecer de que precisaria de uma “chapa toda de gente jovem”, Zé Ronaldo não teria chance já que completa 70 anos em julho.
    SE DEPENDER DE MIM, TORCEDOR DO BAHIA, NÃO CONTE COM MEU VOTO. PODE SER BOM PARA POLÍTICA, MÁS FRACO PARA O FUTEBOL EM CAMPO.

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*