Bahia sofre gol aos 50, fracassa de novo e segue caminhando para Série B

Bahia segue acumulando fracassos no Campeonato Brasileiro

Foto: Enaldo Pinto / Insta: @enaldo_santos_pinto

Sem alma, sem raça, sem tática, sem técnica. Esse é o Esporte Clube Bahia que neste sábado deu mais um passo para disputar a Série B do Brasileiro de 2021, fracassando novamente na Arena Fonte Nova, ficando apenas no empate em 3 a 3 com o Goiás, resultado que apesar de retirar temporariamente o Esquadrão do Z4, confirma que a equipe dificilmente escapa do rebaixamento, aliás, se escapar, será uma enorme surpresa pela atitude do time dentro de campo. Gilberto, Gabriel Novaes e Alesson marcaram os gols do time baiano, enquanto Fernandão (duas vezes) e Vinícius anotaram os tentos da equipe goiana.

 

Com o empate, o Bahia chega aos 37 pontos e sai temporariamente da zona de rebaixamento, igualando os 37 pontos do Vasco, mas levando a melhor no critério do número de triunfos. Porém, o Esquadrão pode retornar ao Z4, e não somente isso, pode ver os concorrentes abrirem distância. Já o Goiás segue na 18ª colocação com 33 pontos e chances mínimas de se salvar.

No duelo das suas piores defesas do Campeonato Brasileiro, gols não poderiam faltar. O Bahia começou muito mal e foi o Goiás quem abriu o placar, aos 18 minutos. Após cruzamento, a bola resvalou no braço de Gregore. O VAR chamou Rafael Traci, que marcou. Fernandão foi para a cobrança, e Anderson pegou, mas a bola bateu no travessão e o centroavante aproveitou o rebote para decretar a Lei do EX na Fonte Nova. O gol foi um baque enorme e o time tricolor não conseguia se encontrar em campo, mas quem tem Gilberto, tem tudo. Aos 25, o zagueiro esmeraldino cortou fraco para o meio da pequena área e o camisa 9 empatou. Fernandão quase fez o segundo aos 35, mas parou em grande defesa de Anderson. Quem não faz? Aos 47, Gilberto serviu Gabriel Novaes, que cortou o zagueiro e virou a partida.

O Bahia voltou para o segundo tempo disperso e logo aos 3 minutos, Índio cruzou, Anderson saiu muito mal do gol, e Vinícius desviou para a rede igualando o placar. Se a situação já era ruim, tratou de piorar aos 20 minutos com a expulsão direta do meia Daniel sete minutos depois dele entrar em campo. Com a superioridade numérica, o time goiano foi para cima e chegou a criar duas boas chances de marcar o gol, porém, aos 33, Anderson deu um chutão para frente e Alesson saiu cara a cara com Marcelo Rangel, driblou o goleiro e marcou o gol que seria do triunfo, porém, aos 50, Fernandão sacramentou o empate e jogou um balde de gelo na cabeça do torcedor tricolor.

Depois dos dois jogos seguidos em casa, perdendo para o Fluminense e vencendo o Goiás, o Esporte Clube Bahia terá uma sequência de duas partidas complicadas fora de casa, nos dois próximos sábados, contra Atlético-MG (13/02 às 19h) e o confronto direto diante do Fortaleza (20/02 às 21h), e na última rodada encara o Santos, no dia 25 de fevereiro, às 21h30m na Arena Fonte Nova.

FICHA TÉCNICA
BAHIA 3 X 3 GOIÁS
Campeonato Brasileiro – 35ª rodada
Local: Arena Fonte Nova, em Salvador

Data e Horário: 06/02/2021 (sábado), 19h
Árbitro: Rafael Traci (FIFA-SC)
Assistentes: Bruno Boschilia (PR) Helton Nunes (SC)

GOLS: Gilberto, Gabriel Noves e Alesson (Bahia) / Fernandão (2x) e Vinícius (Goiás)

BAHIA
Anderson; Nino Paraíba (João Pedro), Ernando, Lucas Fonseca e Juninho Capixaba; Gregore, Ronaldo, Ramon (Daniel), Rossi (Fessin) e Gabriel Novaes (Alesson); Gilberto (Juninho). Técnico: Dado Cavalcanti.

GOIÁS
Marcelo Rangel; David Duarte (Taylon), Fábio Sanches e Iago Mendonça; Índio (Miguel), Henrique Lordelo (Ariel Cabral), Breno (Gustavinho), Shaylon e Jefferson (Rafael Moura); Vinícius e Fernandão. Técnico: Glauber Ramos.

Autor(a)

Fellipe Costa

Administrador e colunista do site Futebol Bahiano. Contato: futebolbahiano2007@gmail.com

Deixe seu comentário