Presidente do Sport dispara contra Bellintani após saída de executivo

"Usa de um artifício da década de 70 para aliciar e contratar um funcionário", disparou

Foto - Sport / Site oficial

Nesta quinta-feira, o Sport foi pego de surpresa com a saída do executivo de futebol Lucas Drubscky, que se despediu do clube durante a concentração do grupo em São Paulo e tem tudo acertado para assumir o lugar de Diego Cerri no Esporte Clube Bahia. No entanto, a forma como ocorreu a saída do diretor deixou o presidente do Sport-PE, Carlos Frederico, inconformado e revoltado. Em entrevista ao portal NE45, o mandatário rubro-negro disparou contra o presidente Guilherme Bellintani por ter contratado o executivo de futebol sem fazer uma ligação à diretoria pernambucana. Ele ainda frisou que se dá muito bem com Bellintani e se diz surpreso pelo presidente tricolor usar “um artifício da década de 70 para aliciar e contratar um funcionário”, disparou.

 

“É bom para essa geração nutella que está vindo aí, que endeusam esse presidente do Bahia como jovem e como moderno, ver como um cara com essa juventude toda pode recorrer às práticas da década de 70 e que acha que é assim que ele vai ganhar jogo. Na véspera de um jogo contra nós, jogador meu ele não tira, até porque não pode mais inscrever. Aí teve que tirar o executivo de futebol. Isso fica para vocês da imprensa analisarem”, disse Frederico.

“Eu me dou bem com o Bellintani. A gente está em um grupo com todos os presidentes da Série A, trocamos mensagens, trocamos parcerias, projetos, oportunidades. Ele é um cara que está na comissão nacional de clubes, é um dos líderes dessa comissão. Prega cooperativismo, coletividade. Não é chateação, mas sim estou surpreso como um presidente que prega a modernidade do futebol conversa com um funcionário meu, sem eu saber, não me liga, não me dá notícia, não me diz nada. Usa de um artifício da década de 70 para aliciar e contratar um funcionário meu como se isso ganhasse jogo. Teria diferença levar o executivo hoje ou segunda-feira? É bizarro”.

Carlos Frederico afirmou que a resposta será dada dentro de campo no jogo de domingo, entre Sport e Bahia, na Ilha do Retiro. “Para esse jogo de domingo acho que meus atletas irão mostrar uma surpresa dentro de campo. Cada episódio desse tem um efeito no nosso grupo de mais vontade. Hoje presenciei o almoço via videoconferência e foi um negócio de arrepiar. Os jogadores com sangue nos olhos. Esse grupo não se abala”.

Em contrato ao NE45, Bellintani admitiu que não procurou o Sport para falar do interesse. “Meu primeiro contato com Lucas Drubsky foi ontem (quarta-feira). Me agradou bastante, fiz o convite para compor nossa equipe de trabalho e avisei que ligaria para o presidente do Sport. Mas Lucas me disse que preferia tratar primeiro ele mesmo com o Sport, pela relação que já possuía com o clube, e respeitei o desejo do profissional. Executivo de futebol não é jogador, que tem direito federativo pertencente a uma equipe. Cada um define como quer comunicar sua saída. Tenho o maior respeito pelo Sport. A partir de sua saída de lá, vamos discutir a vinda dele para compor o novo departamento de futebol do Bahia”, disse o presidente do Esquadrão.

Comentários:

3 Comentário

  1. Rapaz cara sem noção o Sport vem com a faca nos dentes que miséria era só esperar segunda feira tirava o cara aí ganhava na bola e nos bastidores agora leva a fama de mal caráter e terá uma derrota pi.
    Já deu esse cara tem de sair do bahêa já

1 Trackback / Pingback

  1. Bellintani rebate críticas de dirigentes do Sport: 'Executivo não é jogador'

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*