Ramírez nega acusação de racismo, mas é afastado pelo Bahia

Na nota, Bahia diz que o jogador nega a acusação

Foto - Felipe Oliveira / EC Bahia

Por meio de nota divulgada na madrugada desta segunda-feira (21), o Esporte Clube Bahia comunicou o afastamento do meia Juan Pablo Ramírez, que foi acusado de racismo pelo volante Gerson, do Flamengo, no jogo de ontem, no Maracanã. O clube afirma que o jogador negou veementemente a acusação e que deu a ele a oportunidade de se defender. Porém, mesmo com o atleta negando o ocorrido, o clube decidiu pelo afastamento até a apuração do caso. O clube também informa na nota que o presidente Guilherme Bellintani ligou para o jogador do Flamengo e prestou solidariedade. Veja a nota abaixo:

 

O Esporte Clube Bahia vem a público se manifestar sobre a denúncia de racismo feita pelo atleta Gerson, do Flamengo, ocorrida na noite deste domingo (20).

O atleta Indio Ramírez nega veementemente a acusação e a ele está sendo dada a oportunidade de se defender de algo tão grave.

O clube entende, porém, que é indispensável, imprescindível e fundamental que a voz da vítima seja preponderante em casos desta natureza.

Assim, decidiu afastar imediatamente o jogador das atividades da equipe até a conclusão da apuração.

O presidente Guilherme Bellintani ligou para Gerson a fim de prestar solidariedade.

Comentários:

4 Comentário

  1. Se o Ramirez falou isso tem que ser afastado mesmo. Mas ja condenaram o cara sem apuração. Tambem gostaria de saber o que os jogadores do Flamengo falavam para os jogadores do Bahia. Duvido que fossem elogios.

  2. Não deveria afastá-lo até que se provasse os fatos e olhe lá, porque esse pessoal do sul não merece nenhuma consideração de nossa parte, como nordestino somos alvos de desdem, humilhação e falta de respeito, exemplo é qdo o Flamengo jogou aqui contra o Bahia e eles diante de tanta facilidade que achou contra o nosso time começaram a humilhar com toque bonitinho querendo entrar com bola e tudo no gol, agor fica o babaca do Belitani querendo fazer média, injusto o que está fazendo com Ramirez, se o cara é nosso e negou temos que acreditar nele não nos Gersons da vida e outros que não tem um pingo de respeito por nós, veja como Bruno Henrique partia para cima do jogador do Bahia para provocar e forçar expulsã do nosso jogador, o próprio Felipe Luís que agrediu Ramirez e esse no chão, e mesmo assim não foi expulso, falta em Rossi no gol do Flamengo, time que aceita a ideia de está perdendo para um time do Nordeste e começa a pratica anti jogo. Belitani até tinha um certa consideração, mas sugiro que você saia do Bahia e procure um cargo político, pois lugar de político é outro

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*