Após quatro anos, Bahia pode voltar à final da Copa do Brasil Sub-20

Eduardo comemorou o bom momento do time no torneio nacional

Nesta quinta-feira (17), o time sub-20 do Esporte Clube Bahia entra em campo para mais uma partida decisiva da Copa do Brasil da categoria, que definirá um dos finalistas do torneio. O Esquadrãozinho enfrenta o Palmeiras, às 17h, no Allianz Parque, pelo segundo jogo da semifinal. No primeiro encontro, o tricolor venceu por 2 a 1 no CT Praia do Forte, em Mata de São João. Desta forma, joga pelo empate para avançar se fase. Se perder por um gol de diferença, a decisão será nos pênaltis. Para se classificar no tempo normal, o time paulista precisa vencer por dois gols de diferença.

 

Caso se classifique, o Bahia voltará à final da Copa do Brasil sub-20 após quatro anos. Em 2016, perdeu o título para o São Paulo, perdendo na ida (3×1) e empatando na volta (2×2). O outro finalista sairá do confronto entre Vasco e Atlético-MG. Apesar da vantagem, o técnico Eduardo Guadagnucci garantiu que o Esquadrãozinho não jogará com o regulamento debaixo do braço e vai com pressão para buscar um novo triunfo e a classificação.

“Na Copa do Brasil a gente vem desempenhando bem e estamos em vantagem. A postura vai ser a mesma. Não sei jogar de outra forma. Gosto de ter a bola, ser agressivo e atacar. Vamos com pressão para ter a bola e quando ter a bola buscar as melhores opções para agredir. Estamos confiantes em conseguir o triunfo e sair com a classificação”, disse, em entrevista ao programa BN na Bola, da Rádio Salvador FM 92.3.

“O momento que a gente vem vivendo é muito bom. A gente sabe dos altos e baixos no Brasileiro, mas em certo momento a gente começou a usar o Brasileiro como suporte para a Copa do Brasil, poupando jogadores, oportunizando outros. Sabemos que vamos perder meninos para o Transição, não serão poucos, e a gente começa a trabalhar a equipe do ano que vem”, indicou.

 

Deixe seu comentário!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*