Após 8 meses, Bahia volta a jogar pela Sul-Americana contra o Melgar

Bahia enfrenta o Melgar hoje, às 21h30, no Estádio Nacional de Lima

Após oito meses, a Copa Sul-Americana retornou na última terça-feira, com três jogos, e teve continuidade nesta quarta-feira, com outras sete partidas, uma delas marcando a estreia do São Paulo, que foi eliminado da Copa Libertadores e garantiu uma das vagas à Sul-Americana. Atuando na Argentina, o time de Fernando Diniz perdeu de virada para o Lanús por 3 a 2, no jogo de ida da segunda fase. O time argentino não atuava oficialmente desde março e mesmo assim deu muito trabalho ao São Paulo que saiu na frente com gol de Brenner, levou dois gols de Sand em vacilos da defesa, empatou novamente com Brenner, mas sofreu o gol da derrota aos 45 minutos do segundo tempo. Na volta, o time paulista precisa vencer por um gol de diferença (até 2 a 1) para avançar às oitavas de final devido aos gols marcados na casa do adversário.

 

O outro brasileiro a entrar em campo nesta quarta-feira foi o Vasco da Gama, que encontrou dificuldades diante do Caracas atuando no Estádio de São Januário, no Rio de Janeiro, mas venceu por 1 a 0, com gol marcado pelo atacante Thiago Reis, aos 42 minutos do segundo tempo. O Cruz-Maltino perdeu o atacante Ygor Catatau, expulso cinco minutos antes do gol da vitória que garante ao Vasco jogar pelo empate na Venezuela.

Nesta quinta-feira, a rodada de ida da segunda fase da Sul-Americana será finalizada com mais seis jogos, destaque para o Esporte Clube Bahia que enfrenta o Melgar, às 21h30, no Estádio Nacional de Lima, no Peru. Na primeira fase, o Esquadrão eliminou o Nacional do Paraguai, ainda em fevereiro, vencendo os dois jogos (3 a 0 na Arena Fonte Nova e 3 a 1 no Paraguai, na época ainda treinado por Roger Machado). Se eliminar o time peruano, o Bahia pega Unión de Santa Fé, da Argentina, ou o Emelec, do Equador. Os dois se enfrentam também nesta quinta.

Dos 12 adversários que o Bahia já enfrentou na Copa Sul-Americana, o Melgar será apenas o sétimo adversário internacional. No entanto, será o segundo rival peruano. No ano de 2014, o Tricolor Baiano foi eliminado fora de casa na segunda fase pelo César Vallejo, de Trujillo. Em caso de classificação, o Bahia mede forças com quem passar entre Emelec, do Equador, e Unión Santa Fé, da Argentina.

O grande destaque da equipe peruana é o mexicano Othoniel Arce, que marcou 9 gols no torneio apertura, 39% dos gols do Melgar. Ele também marcou um dos gols da vitória sobre o Nacional Potosí na Copa Sul-Americana. Outro destaque é o Peruano de 31 anos Joel Sanchez, que também marcou gols contra o Nacional, e marcou 5 gols no torneio apertura. Mais da metade dos gols da equipe sai dos pés dos jogadores. A equipe costuma jogar no esquema de 4-2-3-1, com o Joel sendo principal armador do time.

JOGOS DE IDA DA 2ª FASE DA SUL-AMERICANA 

TERÇA, 27/10
Unión La Calera (CHI) 0 x 0 Tolima (COL)
Audax Italiano (CHI) 1 x 1 Bolívar (BOL)
Sport Huancayo (PER) 1 x 1 Liverpool (URU)

QUARTA, 28/10
Lanús (ARG) 3 x 2 São Paulo
Fénix (URU) 3 x 1 Huachipato (CHI)
Atlético Nacional (COL) 1 x 1 River Plate (URU)
Sportivo Luqueño (PAR) 1 x 2 Defensa y Justicia (ARG)
Millonarios (COL) 1 x 2 Deportivo Cali (COL)
Vélez Sarsfield (ARG) 0 x 0 Peñarol (URU)
Vasco 1 x 0 Caracas (VEN)

QUINTA, 29/10
Melgar (PER) x Bahia
Coquimbo Unido (CHI) x Estudiantes de Mérida (VEN)
Independiente (ARG) x Atlético Tucumán (ARG)
Unión (ARG) x Emelec (EQU)
Sol de América (PAR) x Universidad Católica (CHI)
Plaza Colonia (URU) x Junior Barranquilla (COL)

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*