Apesar da seca, Gilberto está entre os jogadores que mais finalizam na Série A

Além disso, o camisa 9 é o 11º com mais finalizações certas,

Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia

Artilheiro do Esporte Clube Bahia na temporada com 7 gols, o atacante Gilberto ainda não balançou as redes após a retomada do futebol. São doze 12 seguidos na seca (dois antes e dez depois da paralisação), no entanto, a ausência de gols não é por falta de tentativas. De acordo com levantamento feito pelo “ge”, de todos os jogadores que disputam a Série A do Campeonato Brasileiro, Gilberto é o 18º que mais finaliza. São 18 arremates em nove jogos, o que dá uma média de dois por partida. Além disso, o camisa 9 é o 11º com mais finalizações certas, que são aquelas que vão na direção do gol, com nove arremates certeiros. Isso significa que 50% dos chutes disparados por Gilberto têm direção.

 

No elenco do Bahia, Gilberto só fica atrás de Élber, que finalizou 22 vezes em dez partidas, uma média de 2,2 por jogo, o que o torna o 8º principal finalizador do Brasileirão. O único gol foi anotado diante do Flamengo. Rodriguinho, 3º principal finalizador do Bahia, tem o melhor aproveitamento: três gols marcados em 16 finalizações. O maior finalizador do campeonato é Gabriel Barbosa, o Gabigol, com 34 arremates em 9 jogos. Ele já soma cinco gols.

A última vez que Gilberto marcou gol foi contra o Nacional-PAR, no dia 26 de fevereiro, quando anotou duas vezes no triunfo por 3 a 1, no Paraguai, pelo jogo de volta da primeira fase da Copa Sul-Americana.

O concorrente direto de Gilberto na posição é o jovem Saldanha, que entrou no segundo tempo do jogo contra o Corinthians e marcou seu primeiro gol com a camisa tricolor. No entanto, a tendência é que Mano Menezes mantenha o camisa 9 no time, afinal, é o artilheiro da equipe no ano e teve um bom início de temporada, sendo atrapalhado pela lesão sofrida no primeiro jogo pós-paralisação. No dia 26 de setembro, um sábado, Gilberto terá nova chance de encerrar o jejum de gols, quando o Bahia enfrenta o Athletico-PR, na Arena da Baixada.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*