Com apoio de alguns clubes, REDE GLOBO vai à justiça contra Turner

Sete equipes assinaram com a "Globo" para TV aberta e pay-per-view

O Campeonato Brasileiro da Série A será iniciado no próximo sábado com as tradicionais disputas entre os grandes clubes do futebol nacional, no entanto, este ano, as batalhas prometem transpor ao campo de jogo e entrar nos tribunais, isto, depois da medida provisória editada pelo governo que oferece o direito de transmissão ao mandante clube, uma medida que vai de encontro totalmente aos interesses da TV GLOBO que por muitos anos tem dominado as transmissões, inclusive adiantando cotas para alguns clubes endividados.

 

Na última quarta-feira, por exemplo, uma suposta associação de sócios do Athletico processou a Globo, e a Justiça concedeu liminar que autoriza o clube a transmitir seus duelos como mandante pelo sistema próprio de pay-per-view (PPV) pelo aplicativo próprio clube.

Já nesta quinta-feira foi a própria GLOBO que comunicou através de nota que irá recorrer à Justiça quanto aos direitos de transmissão do Campeonato Brasileiro para impedir que a “Turner” exiba jogos do campeonato nacional envolvendo clubes que tenham contrato de exclusividade com a emissora

Confira a nota

“A Globo recorreu à justiça para impedir que a Turner exiba partidas de clubes da série A do Brasileirão cujos direitos pertencem à Globo, pois foram negociados há vários anos, com exclusividade, por aqueles clubes com a empresa. O entendimento da Globo é que a Medida Provisória 984 não pode retroagir para alterar situações estabelecidas em contratos celebrados antes de sua edição, pois são negócios jurídicos perfeitos, protegidos pela Constituição Federal. A posição da Globo já recebeu declarações de apoio de clubes como Corinthians, Fluminense, Botafogo, Atlético Mineiro, Atlético Goianiense, Goiás e Sport, que foram anexadas à ação. Da mesma forma, como já explicitado em notificação anterior, a Globo respeitará os contratos firmados por terceiros e não exibirá jogos na TV por assinatura em que os clubes que assinaram com a Turner sejam visitantes, ainda que os mandantes tenham cedido seus direitos à Globo para a mesma plataforma. Como parceira e incentivadora do futebol brasileiro há muitas décadas, a Globo acredita que o futebol só será capaz de vencer seus desafios com planejamento e segurança jurídica para aqueles que investem altas quantias nesse negócio tão importante para o Brasil e para os brasileiros.”

Deixe seu comentário

2 Trackbacks / Pingbacks

  1. Paulo Carneiro rebate críticas e descarta contratações para a Série B
  2. Vitória realiza penúltima atividade antes da estreia no Brasileiro da Série B

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*