Fora dos planos do Bahia, zagueiro será novamente emprestado

Éverson não está nos planos do Bahia e será novamente emprestado

Foto: Rui Santos/Paraná Clube

De volta ao Esporte Clube Bahia após o fim do empréstimo com o Paraná, que foi encerrado no dia 30 de junho, o zagueiro Everson ainda não se apresentou no CT Evaristo de Macedo, e talvez nem se apresente. De acordo com informação o portal Bahia Notícias, o defensor de 22 anos está fora dos planos do clube para o retorno da temporada e deve ser novamente emprestado. Enquanto aguarda a definição, o jogador segue trabalhando a parte física em casa, sob a orientação dos preparadores físicos. O seu contrato com o Tricolor é válido até 2022. Roger Machado tem a disposição Juninho, Lucas Fonseca, Ernando, Wanderson e Ignácio, portanto, existe uma grande chance do jovem ser novamente emprestado.

 

Éverson foi pouco aproveitado pelo técnico Allan Aal no Paraná. Jogou apenas três vezes, todas quando foi a campo um time reserva, poupando os titulares, além disso, a diretoria priorizou a contratação de outros nomes para o setor. O vínculo do atleta com o clube paranista terminou no dia 30 de junho e para ficar com o defensor, o Paraná teria que arcar com seus salários, que no primeiro semestre eram pagos pelo Portimonense, de Portugal, clube pelo qual o atleta atuou também por empréstimo.

Natural de Salvador (BA), Everson Bispo Pereira é cria das divisões do Bahia e estreou pelo time profissional em 2016 em jogo pela Copa do Nordeste que terminou com triunfo do Bahia por 2 a 1 sobre a Juazeirense. Tratado como uma grande promessa na base, chegou a ser convocado para a Seleção Brasileira sub-20 em uma ocasião. A temporada que mais vezes jogou pela equipe principal foi em 2018, com 16 partidas. No total, são 21 jogos pelo Tricolor Baiano.

Em 2019, perdeu espaço e atuou apenas dois jogos pelo Campeonato Baiano, sendo emprestado ao Portimonense de Portugal, da primeira divisão portuguesa, onde jogou somente dois jogos pela equipe principal e mais dois pelo time sub-23. De volta ao Brasil no início de 2020, acertou por empréstimo com o Paraná. Na equipe tricolor do Sul, foram três jogos disputados.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*