Fora dos planos de Guto Ferreira, meia-atacante deixa o Ceará

Chico defendeu o Mirassol no Campeonato Paulista

Foto: JL Rosa/SVM

Após disputar o Campeonato Paulista pelo Mirassol antes da paralisação, o meia-atacante Chico retornou ao Ceará, porém, fora dos planos e sem espaço no elenco, o jogador acabou deixando o Vozão. A decisão foi tomada em comum acordo entre o atleta e o clube e divulgada no fim da tarde desta quinta-feira (30). O contrato do atleta ia até o fim do ano. Após retornar do empréstimo, o atacante não atuou um jogo sequer pelo Vovô, que está na final da Copa do Nordeste e enfrenta o Esporte Clube Bahia nos dias 1 e 4 de agosto para definir o título.

 

Aos 28 anos, Chico era uma das principais apostas do Ceará no ano passado sob o comando de Lisca, chegando a marcar cinco gols. Com a saída do técnico, acabou perdendo espaço no time, ficando a maior parte do restante da temporada no banco.

Natural de Cascavel (PR), Francisco Hyun Sol Kim nasceu no Brasil, cresceu no Paraguai e tem nacionalidade sul-coreana. Começou no Atlético Sorocaba e acumula passagens por Águia Negra, CENE, Brasiliense, Olímpia, Tupi-MG, Rio Claro, XV de Piracicaba, Red Bull Bragantino, Capivariano, CRB. Jogou ainda na Coreia do Sul, defendendo Seoul E-Land e Pohang Steelers. Na temporada 2019, vestiu a camisa do Ceará, atuando 36 partidas e marcando 5 gols. Em 2020, foi emprestado ao Mirassol para disputa do Campeonato Paulista, mas retornou durante a paralisação.

VEJA TAMBÉM

Deixe seu comentário

1 Trackback / Pingback

  1. Vendido pelo Bahia, atacante é apresentado por clube da Coreia do Sul

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*