Bahia e Juazeirense são multados pela FIFA por cláusula no contrato de atacante

Cláusula no contrato do atacante Gustavo Balotelli foi descoberta pela entidade

Foto: Divulgação

Bahia e Juazeirense foram multados pela FIFA devido uma cláusula ilegal no contrato do atacante Gustavo Balotelli, em que o Esquadrão precisaria ser informado sobre qualquer transferência do atleta, que fere o artigo 18bis do Regulamento da Fifa sobre o Status e a Transferência de Jogadores. De acordo com informação divulgada pelo Bahia Notícias, a entidade máxima do futebol descobriu o dispositivo em 2019 quando o atleta se transferiu para o Apollon Larissa, e entendeu que os clubes baianos agiram de má-fé, o que levou a aplicação de uma multa de 15 mil francos suíços (quase R$ 85 mil) para o Tricolor e 10 mil (pouco mais de R$ 55 mil) para o Cancão de Fogo.

 

Natural de Salvador, Gustavo Santos Costa surgiu nas divisões de base do Esporte Clube Bahia, mas nunca chegou a atuar pelo time principal. Antes mesmo de subir aos profissionais do Esquadrão, foi emprestado ao Nagoya Grampus, do Japão, onde ficou de 2014 até 2016, ao Roasso Kumamoto, também do Japão, em 2017, e em 2018 atuou por empréstimo no Ho Chi Minh City, do Vietnã. Retornou ao Bahia, mas não permaneceu e no início de 2019 foi repassado à Juazeirense, onde se destacou, marcando 5 gols em 11 jogos. No mesmo ano, foi emprestado ao CRB para disputa da Série B, mas disputou apenas três gols e em agosto de 2019 foi negociado com o Apollon Larissa, clube que disputa a Super League 2, segunda divisão do futebol da Grécia. Esse ano, foi cedido até o ano que vem ao Arouca, de Portugal.

VEJA TAMBÉM

Comentários:

1 Trackback / Pingback

  1. ITS Brasil será responsável pelas transmissões dos jogos do Bahia na internet

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*