Diretor do Bahia revela conversas com Enderson ‘sobre alguns atletas’

Diego Cerri e Enderson Moreira trabalharam juntos no Bahia

Enderson Moreira e Diego Cerri, no Bahia, em 2018. Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia

Após acertar o empréstimo do meia Régis, o Cruzeiro tentou contratar o lateral-direito Nino Paraíba, que esse ano ainda não entrou em campo e vem sendo reserva de João Pedro. O interesse celeste no lateral-direito foi revelado pelo executivo do Cruzeiro, Ricardo Drubscky, no mês passado. No entanto, a diretoria tricolor recusou negociar o jogador de 34 anos afirmando ser uma peça importante do elenco. Nino foi indicado por Enderson Moreira, atual treinador do Cruzeiro e que trabalhou com o lateral em 2018 quando comandou o time baiano. Em entrevista concedida ao programa Arena, da Rádio 98FM, o diretor de futebol Diego Cerri revelou que teve conversas com Enderson sobre possibilidades de outros negócios.

 

“A gente teve conversas sobre alguns atletas. O Enderson e eu temos boa relação, trabalhamos juntos aqui. Acabamos definindo que poderíamos liberar o Régis, meia que foi para o Cruzeiro. Foi o atleta que conseguimos conversar e chegamos ao nome dele. Os outros foram mais conversas que tivemos pela proximidade do Enderson comigo”, disse.

Em meio à pandemia de coronavírus e às vésperas de enfrentar um processo eleitoral, o Cruzeiro segue em busca de reforços para seu elenco. A principal carência é a lateral direita e, por isso, o clube buscou a contratação de Nino Paraíba. Enderson tem à disposição para o setor apenas Edilson, uma vez que o jovem Valdir retornou para as categorias de base.

Nas duas últimas temporadas (2018-2019), Nino atuou em 95 jogos e marcou 4 gols. Em certos momentos, Nino chegou a ser criticado pela torcida, mas caiu nas graças com boas atuações e ganhou até música, terminando o ano como titular. Drubscky foi comandante de Nino em 2014, quando o atual diretor ainda exercia a função de treinador. Além de Nino, o Cruzeiro tem outros nomes na pauta: Bruno (ex-Bahia e atualmente sem clube), Norberto (ex-Vitória e atualmente no CSA) e Samuel Xavier (atualmente no Ceará).

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*