Diretor do Bahia fala sobre situação do atacante Arthur Caíke

Empréstimo de Arthur Caíke com o Bahia termina em 30 de junho

Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia

Com vínculo até o dia 30 de junho, quando encerra o empréstimo, o atacante Arthur Caíke está nos planos do Esporte Clube Bahia para o restante da temporada. Porém, a diretoria tricolor já afirmou que não há possibilidade de investir na aquisição do atacante ou de qualquer outro jogador, nesse período de crise por conta da pandemia. Desta forma, a única solução é tentar convencer o Al Shabab, da Árabia Saudita, a prorrogar o empréstimo. Apesar de não ser titular da equipe de Roger Machado, Arthur Caíke é quase um 12º jogador e soma 54 jogos pelo tricolor e 9 gols marcados. O diretor de futebol do Esquadrão, Diego Cerri, falou sobre a situação do atleta e afirmou que entrará em contato com os empresários para entender qual a outra alternativa.

 

“Nós trouxemos por empréstimo gratuito. Foi uma oportunidade que nós conseguimos no mercado. Um jogador que teve, embora não tenha se fixado como titular o tempo inteiro no nosso time, mas ele foi muito importante em vários momentos, acabou sendo um dos atletas com maior número de gols na temporada passada e tem uma importância grande. A gente tinha estipulado uma opção de compra para ficar com ele e nesse momento não existe a menor possibilidade da gente investir. Existem outras conversas com a equipe dele, através dos empresários dele para que a gente possa entender qual a outra alternativa que o clube árabe nos daria e a gente tentar entender se a gente tinha condição financeira de ficar com ele”, disse, em entrevista ao Galáticos.

Revelado pelo Iraty e com passagens por Paraná, Coritiba, Londrina e Flamengo, Arthur Caíke chegou ao futebol árabe em agosto de 2018 e, até janeiro de 2019, marcou 6 gols em 15 jogos. A transferência internacional aconteceu após ser um dos principais nomes da Chapecoense por uma temporada e meia, com título catarinense e vaga à Taça Libertadores, em 2017.

Natural de Barbalha (CE), Arthur Caíke do Nascimento Cruz também se destacou no Santa Cruz, em 2016, quando eliminou o Bahia na semifinal da Copa do Nordeste e levantou o caneco regional, assim como o Pernambucano. Ele também foi um dos destaques da Série B de 2014, pelo Atlético Goianiense, terminando a competição entre os cinco maiores artilheiros do campeonato, com 12 gols.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*