Confira os números do Esporte Clube Vitória na temporada 2020

Time de Geninho ainda está invicto na Copa do Nordeste

Com 17 partidas na temporada, entre Campeonato Baiano, Copa do Nordeste e Copa do Brasil, o Esporte Clube Vitória é um dos times com mais partidas disputadas na temporada, considerando as Séries A e B do Campeonato Brasileiro. O rival Bahia, que é o time da primeira divisão com mais jogos, também entrou em campo 17 vezes antes da paralisação em razão da pandemia do coronavírus. O Leão também optou por utilizar dois times diferentes em 2020 como forma de diminuir a carga de jogos do time principal e focar mais nas competições mais importantes no primeiro semestre, como a Copa do Nordeste e a Copa do Brasil, enquanto a equipe de aspirantes, com uma mistura de atletas da base e algumas apostas, ficou responsável por disputar o Campeonato Baiano.

 

O time principal entrou em campo 10 vezes na atual temporada, somando 4 triunfos, 5 empates e 1 derrota, sendo esse revés na última partida do Leão antes da paralisação, ao perder por 1 a 0 para o Ceará, pelo jogo de ida da terceira fase da Copa do Brasil. A partida de volta será realizada no Estádio Manoel Barradas e vale lembrar que não existe o critério do gol qualificado como desempate.

No Nordestão, o Rubro-Negro está com pé e meio na fase de quartas de final. Após sete primeiras rodadas, ainda está invicto, com 3 vitórias e 4 empates, ocupando a vice-liderança do Grupo B com os mesmos 13 pontos do Confiança-SE.

O time de Geninho marcou 13 gols marcados e 6 sofridos, com um aproveitamento de 56,6%. Três jogadores dividem a artilharia, com 3 gols cada, Léo Ceará, Alisson Farias e Vico. Thiago Carleto já balançou as redes duas vezes, ambos de falta, contra Bahia e River-PI.

Já a equipe de aspirantes, que vinha sendo treinada por Agnaldo Liz e foi desmontada devido a paralisação do Campeonato Baiano em razão da pandemia do coronavírus, entrou em campo em 7 jogos, somando 3 triunfos, 2 empates e 2 derrotas (uma no Ba-Vi e outra para o Jacuipense), um aproveitamento de 52%. Balançou as redes 10 vezes e sofreu 9 gols, ocupando o 4º lugar com 11 pontos, mesma pontuação do 3º colocado Bahia de Feira e do 5º colocado Atlético de Alagoinhas, restando duas rodadas para o término da primeira fase. Com 4 gols, o atacante Eron é o artilheiro da equipe no ano e vice-artilheiro do Baianão, atrás apenas de Marcelo Nicácio, do Flu de Feira, com 8 gols.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*