Bahia deve desmanchar time de transição caso não haja calendário

Bellintani aguarda resposta da CBF e projeto pode ser reavaliado

Foto: Felipe Oliveira/Divulgação/EC Bahia

Em entrevista concedida após o anúncio da paralisação do Campeonato Baiano, o presidente do Esporte Clube Bahia, Guilherme Bellintani, afirmou que o projeto do time de transição seria mantido, no entanto, diante das incertezas sobre a retomada e/ou início de algumas competições devido a falta de calendário e a forte crise em razão da pandemia do coronavírus, o Esquadrão pode ter que reavaliar a permanência da equipe sub-23 treinada por Dado Cavalcanti. O treinador tem contrato até o dia 20 de abril.

 

Em resposta a um torcedores no Twitter, o presidente Guilherme Bellintani afirmou que o projeto do time de transição depende da definição da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) sobre a disputa do Campeonato Brasileiro de Aspirantes. Se a competição não for acontecer, o elenco de transição pode ser desfeito.

“Aguardamos essa semana uma confirmação ou não do Campeonato Brasileiro de Aspirantes. Se não houver a garantia de um calendário para o sub-23, o projeto deverá ser reavaliado”, explicou o presidente, nas redes sociais.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*