Destaque do Náutico foi sondado por Bahia e outros quatro clubes da Série A

Jean Carlos, destaque do Náutico, foi sondado por cinco clubes

Principal destaque do Náutico na temporada e artilheiro do time com 6 gols além de ser um dos principais garçons com quatro assistências, o meia Jean Carlos está na mira de alguns clubes da Série A, entre eles, o Esporte Clube Bahia. O empresário do jogador, Nilson Moura, revelou em contato ao Diário de Pernambuco que cinco clubes da primeira divisão fizeram sondagens pelo atleta de 28 anos. Além do Esquadrão, manifestaram interesse no armador Ceará, Atlético-MG, Fluminense e Flamengo, além do Cruzeiro que vai disputar a Série B. Ainda segundo o agente, ainda não há nada concreto e acredita ser difícil ele deixar Pernambuco no momento, apenas por uma “proposta muito boa”.

 

“Fomos procurados por quatro clubes além desses (Ceará e Bahia). Entraram em contato o Atlético-MG, Cruzeiro, Fluminense e Flamengo, mas nada concreto. Pelo jeito que ele gostou de Recife acho muito difícil ele sair neste momento. Só vejo ele deixando o Náutico se for uma proposta muito boa mesmo. O Cruzeiro até tentou forçar uma barra, mas a proposta era muito abaixo de qualquer possibilidade de negociação.”

Jean já havia sido apontado anteriormente nas redes sociais como possível alvo de Ceará e Bahia, no mês passado, mas o jogador e a diretoria do Náutico trataram de tranquilizar a torcida. Primeiramente, o vice-presidente do clube, Diógenes Braga enfatizou que para a saída do meia, o Timbu teria que ser reembolsado com uma multa que classificou como “multimilionária”. Dias depois, foi a vez do jogador colocar que não havia recebido proposta e que só deixaria o time recifense em caso de transação vantajosa para ambas as partes.

Natural de Cornélio Procópio, no Paraná, Jean Carlos Vicente tem 28 anos e surgiu no Marília. Chegou ao Palmeiras ainda jovem para integrar as divisões de base e fez sua estreia profissional em 2010, mas não chegou a deslanchar. Passou ainda por São Bernardo, Vila Nova-GO, São Paulo, Goiás, Grêmio Novorizontino, Coritiba, Mirassol e por último o Náutico onde está desde a temporada passada, quando chegou para disputa da Série C e foi decisivo. Até aqui, soma 24 jogos e 8 gols marcados. O armador ainda é o responsável pela cobranças das faltas e escanteios, trunfo que é bastante explorado pelo sistema de jogo do técnico Gilmar Dal Pozzo.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*