Vitória vence o BA-VI, encerra jejum e aumenta PRESSÃO sobre o Bahia

Leão venceu por 2 a 0 com gols de Thiago Carleto e Vico

Apesar da vergonhosa eliminação na Copa do Brasil para o River-PI na última quarta-feira, a torcida do Esporte Clube Bahia compareceu à Arena Fonte Nova para (tentar) apoiar o time no primeiro clássico BA-VI do ano, no entanto, em poucos minutos o apoio se transformou em vaias e indignificação, especialmente com o técnico Roger Machado que teve que ouvir os gritos de “Adeus, Roger”, além do goleiro Douglas que vem tendo apresentações esquisitas. Com dois gols no primeiro tempo (Thiago Carleto e Vico), o Esporte Clube Vitória venceu por 2 a 0, encerrou o jejum que durou 12 jogos (desde abril de 2017) sem vencer o rival e de quebra aumentou a pressão sobre o Esquadrão que vai iniciando 2020 da mesma forma que terminou 2019: De forma MELANCÓLICA.

 

Com o resultado, o Bahia que foi eliminado na primeira fase da Copa do Nordeste em 2019, segue com 4 pontos na atual edição e fora do G-4, ocupando o sexto lugar, enquanto o Vitória conquista seu primeiro triunfo no ano e assume a liderança do Grupo B agora com 5 pontos.

No primeiro tempo, o Bahia criou as melhores chances, porém, esbarrou num PAREDÃO chamado Ronaldo que operou três ou quatro milagres e foi o grande nome do primeiro tempo. Do outro lado, a arma do Vitória era com as finalizações do lateral Thiago Carleto em cobrança de falta e uma delas foi fatal, aos 23 minutos, contando com uma colaboração do goleiro Douglas que já havia falhado no gol do River-PI pela Copa do Brasil. Além do gol, Carleto fez o cruzamento para o segundo gol do Leão marcado pelo meia-atacante Vico subindo no meio da defesa tricolor. Ao término dos primeiros 45 minutos, muitas vaias na Fonte Nova e um torcedor invadiu o campo, foi na direção de Douglas e foi contido por seguranças.

No segundo tempo, o Bahia voltou com duas mudanças (que deveriam ser feitas no 1º tempo) e foi para o tudo ou nada na base do desespero, no entanto, o goleiro Ronaldo seguiu BRILHANDO com defesas sensacionais. O tempo foi passando e a reação se tornando cada vez mais difícil. O Vitória permaneceu atuando com muita tranquilidade, apostando nos contra-ataques, e por pouco não aumentou os números na parte final.

PRÓXIMOS JOGOS
O próximo compromisso do Esporte Clube Bahia é na quarta-feira (12), contra o Nacional do Paraguai, às 21h30, novamente na Arena Fonte Nova, pelo jogo de ida da primeira fase da Copa Sul-Americana, certamente com muitos protestos por parte da torcida tricolor. Já o Esporte Clube Vitória, na terça-feira (11), tem decisão pela Copa do Brasil, às 21h30, contra o Imperatriz, no Maranhão, precisando pelo menos de um empate para avançar à segunda fase.

FICHA TÉCNICA
Bahia 0 x 2 Vitória
Copa do Nordeste – 3ª rodada
Local: Arena Fonte Nova, em Salvador
Data: 08/02/2020 (sábado)
Horário: 18h
Árbitro: Gilberto Rodrigues Castro Junior (PE)
Auxiliares: Francisco Chaves Bezerra Junior e Marcelino Castro de Nazare (ambos de PE)

Público e renda
Pagantes: 26.726
Total: 27.290
Renda: R$ 503.254,00
GOLS: Thiago Carleto e Vico

Bahia: Douglas; João Pedro, Lucas Fonseca, Juninho e Juninho Capixaba; Gregore, Flávio (Fernandão) e Daniel (Rossi); Clayson (Arthur Caíke), Élber e Gilberto. Técnico: Roger Machado.

Vitória: Ronaldo; Van, João Victor, Maurício Ramos e Thiago Carleto; Guilherme Rend, Fernando Neto e Gerson Magrão (Jean); Vico, Léo Ceará (Matheus Tenório) e Júnior Viçosa (Rodrigo Porto). Técnico: Geninho.

Deixe seu comentário

1 Comentário

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*