Sem poder enfrentar o Bahia, Juninho se despede da temporada 2019

Volante está emprestado pelo Bahia ao Fortaleza

Foto: GUSTAVO RABELO/PHOTOPRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

Além do zagueiro Paulão, expulso no empate sem gols com o Fluminense no Maracanã, o Fortaleza não poderá contar com o volante Juninho na partida do próximo domingo, contra o Esporte Clube Bahia, às 16h, na Arena Castelão, pela 38ª rodada do Campeonato Brasileiro. O jogador está emprestado pelo clube baiano ao Leão do Pici até o final deste ano e por conta da cláusula, será desfalque por força contratual. O vínculo com o Tricolor Baiano também se encerra em dezembro e o jogador já tem um pré-contrato assinado o clube cearense. Através de publicação no Instagram, Juninho se despediu da temporada 2019.

 

“Gratidão, meu Deus, por ter jogado o campeonato inteiro, por abençoar/capacitar a mim e meus companheiros de trabalho a fazermos bons jogos, jogar o campeonato tranquilos, conseguindo além do que esperávamos no começo… Infelizmente não posso jogar o último jogo por termos contratuais… Serei mais um torcedor para que consigamos mais três pontos e fechar com chave de ouro esse nosso lindo campeonato!”, escreveu o atleta no Instagram.

Natural do Rio de Janeiro (RJ), Juninho foi revelado na base do Madureira, passou por América-RJ, Serrano-RJ, Duque de Caxias e só deixou o Estado em 2013 quando acertou com o América-MG. Depois retornou ao Duque de Caxias e foi vendido ao Tombense. Chegou ao Bahia após chamar atenção atuando pelo Macaé na Série B de 2015, ainda que o time carioca tenha sido rebaixado para Série B naquele ano.

Na sua primeira temporada pelo Esquadrão, Juninho se destacou e virou titular absoluto marcando 11 gols em 55 jogos na temporada 2016, tendo como principal arma o chute de longa distância e sendo peça importante na campanha do acesso do tricolor à elite do futebol nacional. Em 2017, atuou 51 vezes e anotou 5 tentos, porém, diferente de 2016, não foi titular e na maioria das vezes em que jogou saiu do banco de reservas, inclusive, chegando a reclamar da reserva. Em 2018, foi emprestado ao Ceará, e foi peça importante na campanha de permanência do clube na Série A. Foram 36 jogos e 3 gols. Esse ano, pelo Vozão, atuou 17 vezes e balançou as redes duas vezes. Porém, perdeu espaço com Enderson Moreira e acertou com o Fortaleza.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*