Bahia encaminha compra do atacante Clayson junto ao Corinthians

O atacante de 24 anos fez 62 jogos pelo Timão em 2019

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

Além de tentar a contratação do atacante Guilherme, que pertence ao Grêmio e estava emprestado ao Sport-PE onde se tornou artilheiro da Série B com 17 gols em 2019, o Esporte Clube Bahia encaminhou a contratação de outro atacante. De acordo com informação do site “Meu Timão”, o Corinthians está perto de sacramentar a venda de Clayson ao Esquadrão. O jogador de 24 anos fez 62 jogos na temporada (32 no Brasileirão), com sete gols marcados, além de 11 assistências (o líder no quesito no elenco, junto com Sornoza). Atacante de lado de campo era uma das prioridades da diretoria, principalmente após saída de Artur, destaque da equipe em 2019, que retornou ao Palmeiras.

 

De acordo com o Globoesporte, o contrato de Clayson com o Bahia deve ter duração de três anos. O Corinthians tem 40% dos direitos econômicos do jogador. O percentual restante é do Ituano. O Bahia e os representantes do jogador discutem as bases salariais para o novo contrato. Superada esta etapa, ele deve ser anunciado pelo clube tricolor.

Apesar de agradar ao técnico Tiago Nunes, a diretoria já tinha o interesse de negociar o jogador. Athletico-PR e Bahia foram alguns dos clubes que buscaram informações sobre o atacante. No Timão, o atleta foi tricampeão paulista e campeão brasileiro (2017). Fez 135 jogos e 14 gols pelo clube.

Natural de Botucatu (SP), Clayson Henrique da Silva Vieira, de 24 anos, surgiu no União São João e acumula passagem também pelo Ituano antes de chegar a Ponte Preta onde ficou de 2015 até maio de 2017, chamando a atenção do Corinthians que pagou R$ 3,5 milhões, além de ter enviado Claudinho e Léo Artur para o clube de Campinas. Na Macaca, atuou 84 vezes e marcou 6 gols. Pelo Timão, soma 139 partidas nas três últimas temporadas, marcando 14 gols. Em 2019, foi ano que mais entrou em campo na sua carreira, 62 vezes e anotou 7 gols.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*