Bahia briga, sai na frente, mas toma virada do Flamengo no Maracanã

Esquadrão completou o sexto jogo sem vencer no Brasileirão

Foto - Alexandre Vidal / Flamengo

O Esporte Clube Bahia enfrentou hoje à noite uma tarefa espinhosa, atravessando o seu pior momento no Campeonato Brasileiro. Encarou justamente o líder e embalado Flamengo de Jorge Jesus, visto e comemorado como aquele time que pratica o melhor futebol no Brasil, com a missão de fazer o que ninguém até então foi capaz, vencer no Estádio do Maracanã, sempre lotado e hoje com 65 mil torcedores, maior público do Flamengo no ano. Se obtivesse sucesso, o Esquadrão ganharia uma sobrevida importante para continuar ainda sonhando com uma posição entre os seis primeiros melhores colocados no Brasileirão. No entanto, não deu. Lutou, se esforçou, saiu na frente com gol contra de Arão, mas no segundo tempo tomou a virada e perdeu por 3 a 1 com gols de Renier, Bruno Henrique e Gabigol, aumentando sua sequência ruim na competição.

 

Com o resultado, o Bahia chega o sexto jogo sem vencer no Campeonato Brasileiro, com 4 derrotas e 2 empates, e se mantém com 43 pontos no 9º lugar. Já o Flamengo vai aos 77 pontos, abrindo 10 pontos do vice-líder Palmeiras que no sábado empatou por 1 a 1 com o Corinthians, e dando um passo enorme, gigantesco, para conquistar o título brasileiro.

O jogo começou com o Bahia tomando a iniciativa, porém, não demorou muito para o Flamengo recuperar o controle da partida. O time de Jorge Jesus, que hoje teve João de Deus na beira do campo, encontrou muita dificuldade para produzir diante da forte marcação do Tricolor Baiano que apostou nos contra-ataques, mas não vinha conseguindo concluir as jogadas, até que aos 38 minutos a defesa rubro-negra bateu cabeça, Nino Paraíba aproveitou e cruzou para Élber cabecear para grande defesa do goleiro Diego Alves. No rebote, o próprio Élber finalizou e Willian Arão acabou desviando para dentro do gol.

No segundo tempo, o jogo ficou mais interessante. O Flamengo se lançou ao ataque para sufocar o Bahia que teve mais espaço e tentou assustar nos contra-ataques. No entanto, a mudança de João de Deus surtiu efeito. Reinier que entrou no lugar de Vitinho recebeu cruzamento e de cabeça empatou aos 8 minutos. O gol animou a equipe carioca que encurralou o time de Roger Machado e virada era apenas questão de tempo. Aos 26, Bruno Henrique virou a partida. O Bahia ficou sem reação, enquanto o Flamengo seguiu no ataque e chegou ao terceiro com Gabigol aos 42 pontos.

O Esporte Clube Bahia terá a semana inteira para se preparar e só volta a campo no próximo domingo (17), contra o vice-líder Palmeiras, às 16h, na Arena Fonte Nova. Já o Flamengo terá o clássico carioca contra o Vasco da Gama, quarta-feira (13), às 21h30, no Estádio do Maracanã. Este jogo foi antecipado da 34ª rodada por conta da final da Copa Libertadores.

FICHA TÉCNICA
Flamengo x Bahia
Campeonato Brasileiro – 32ª rodada

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro
Data e Horário: 10/11/2019 (domingo) – 18h
Árbitro: Caio Max Augusto Vieira (RN)
Auxiliares: Fabiano da Silva Ramires (ES) e Jean Marcio dos Santos (RN)
VAR: Emerson de Almeida Ferreira (MG), com auxílio de Marco Aurelio Augusto Fazekas Ferreira (MG) e Flávio Gomes Barroca (RN)

Flamengo: Diego Alves, Rodinei, Rodrigo Caio, Pablo Marí e Filipe Luís; Willian Arão, Gerson (Piris da Motta), Everton Ribeiro e Vitinho (Reinier); Bruno Henrique (Diego) e Gabigol. Técnico: João de Deus.

Bahia: Douglas; Nino Paraíba, Lucas Fonseca, Juninho e Moisés; Gregore, Flávio e João Pedro (Guerra); Artur, Élber (Rogério) e Gilberto (Arthur Caíke). Técnico: Roger Machado.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*