“Temos condições reais de chegar a um fato histórico para o Bahia”, diz Gilberto

“Mentalmente o time está muito bem", disse o camisa 9

Foto – Felipe Oliveira/EC Bahia

Apesar de não balançar as redes há seis jogos, o atacante Gilberto tem muito crédito. Com 26 gols, é o artilheiro do Bahia na temporada e vice-artilheiro do Campeonato Brasileiro com 11 gols, atrás de Gabigol. Apesar da seca, o camisa 9 está preocupado mesmo com o jejum de triunfo do Esporte Clube Bahia atuando em Salvador. Os últimos três jogos, não conseguiu vencer. Empatou com o São Paulo e perdeu para Athletico e Ceará. No entanto, o jogador garante que o time mentalmente está bem para buscar o triunfo contra o Internacional e seguir a busca por uma vaga na Libertadores, que seria um fato histórico para o clube na era dos pontos corridos.

 

“Mentalmente o time está muito bem. Ninguém conquista o que a gente conquistou no campeonato, com 41 pontos, temos 33 pontos para disputar. Condições reais de chegar a um fato histórico para o clube, que seria a Libertadores. A gente está bem. Uma coisa ou outra que vai acontecer dentro de campo, e a gente não vai ter o resultado positivo que quer. O foco sempre é no jogo e na partida seguinte. A gente tem que respeitar o Inter, mas buscar o resultado positivo”, falou.

Perguntado sobre o jejum de triunfos em Salvador, Gilberto lembrou a boa sequência fora de casa. “A gente tem quatro triunfos fora de casa. Ano passado era cobrado bastante por não ganhar fora de casa. Esse ano a gente está ganhando. Os pontos que acabam sendo perdidos em casa, a gente acaba ganhando fora. Isso que a gente está sempre buscando, recuperar os pontos caso tenha um resultado negativo. Isso que o torcedor tem gostado da gente, um time que sempre olha no olho do adversário, joga de igual para igual”, disse.

Ouça a entrevista completa:

 

 

 

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*