Agora na Suíça, Eric Ramires agradece ao Bahia: ‘Devo muito ao clube’

Jogador pode se tornar a maior transação do futebol nordestino

Foto: Arquivo Pessoal

Com a transferência sacramentada para o Basel, da Suíça, o meia Eric Ramires se despediu do Esporte Clube Bahia desta segunda-feira (02/09). O jogador, que embarcou para a Europa no último sábado, agradeceu ao clube onde teve a oportunidade de virar jogador profissional e prometeu seguir acompanhando e torcendo pelo tricolor mesmo de longe. O atleta foi emprestado ao clube suíço com obrigação de compra em caso de cumprimento de metas específicas. O valor da transação é de aproximadamente R$ 30 milhões por 100% dos direitos econômicos. Se a venda for confirmada, vai superar a de Zé Rafael que foi vendido ao Palmeiras no ano passado por R$ 14,5 milhões.

 

Segundo comunicado do Bahia, o atleta de 19 anos vai para a Europa por empréstimo com obrigação de compra caso participe de pelo menos 23 jogos na temporada 2019/2020. Eric Ramires assinou contrato de empréstimo até junho de 2020. Por exigência contratual, solicitada pelo Basel, os detalhes da operação só foram revelados aos sócios tricolores através de comunicado por e-mail na manhã desta segunda-feira (2). O Bahia terá 5% de participação sobre lucro de uma futura venda do atleta, além do percentual do mecanismo de solidariedade.

“Devo muito ao Bahia. Cheguei ao clube com apenas 11 anos, foi lá que me formei como jogador, mas também como ser humano. Tenho certeza que eu também pude colaborar com o Bahia, mas hoje saio muito agradecido por tudo que este clube me proporcionou. Agradeço a todos que sempre me apoiaram, principalmente o torcedor do Bahia. Serei um deles para sempre. Grande passo na minha carreira, sempre tive o sonho de atuar na Europa, e agora vou conseguir realizar esse sonho. O Basel é o principal clube da Suíça, sempre disputando competições europeias também. Estou muito feliz com a oportunidade e tenho certeza que serei muito feliz por aqui”

Principal revelação do clube na temporada passada, o meia Eric Ramires começou como titular a temporada, mas caiu de rendimento e atualmente estava no banco de reservas do time de Roger Machado. No início do ano, ele chegou a ser observado por representantes do Arsenal que vieram acompanhar uma partida do jogador na Arena Fonte Nova. Outros clubes europeus também demonstraram interesse, além de Palmeiras, Flamengo, Santos e Corinthians. Em 2018, após ser promovido ao time principal, disputou 17 jogos e marcou dois gols. Esse ano, foram 33 partidas e também dois gols anotados.

No início da temporada, o jogador foi chamado pela Seleção Brasileira Sub-20 para disputar o Sul-Americano da categoria, no entanto, ao retornar, não repetiu as atuações de 2018 e perdeu espaço nos últimos jogos do Bahia, ficando no banco de reservas.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*