Roger valoriza empate fora e vê oscilação natural: “A má fase faz parte”

"a gente não imagina que vai fazer um campeonato regular do começo ao fim"

Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia

Ao empatar sem gols com a Chapecoense neste domingo, o Esporte Clube Bahia chegou a sete jogos seguidos sem vencer na temporada (cinco pela Série A e dois pela Copa do Brasil) e a quatro sem marcar gol (Santos, Grêmio, Cruzeiro e Chapecoense). No entanto, o técnico Roger Machado saiu de campo satisfeito com o empate na Arena Condá que, segundo ele, não pode ser tratado como um mau resultado. Além disso, o treinador destacou que a oscilação do time é algo natural e esperado.

 

“Campeonato Brasileiro tem 38 rodadas. Em sã consciência, a gente não imagina que vai fazer um campeonato regular do começo ao fim. Haverá momentos de oscilar e esse é um desses momentos. A gente não pode qualificar como um mau resultado. Empatar fora é um bom resultado, mas com o quinto jogo sem vitória se torna um fato maior. A gente produziu para vencer e poderíamos ter o resultado. Pelo contexto, poderia ser diferente, mas pelo ponto fora de casa é importante pontuar”, disse.

Roger Machado analisou a atuação do time como positiva e destacou que é preciso manter a cabeça no lugar para superar a má fase.

“Foi uma partida boa. A gente rendeu bem. Dividimos os momentos de domínio com o dono da casa, soubemos lidar bem com o que a Chapecoense vem atravessando, criamos oportunidades. Precisamos nos fechar e voltar a vencer em casa. As oportunidades são criadas. Os jogadores passam por momentos de instabilidade e temos que aceitar isso. Eu procuro as melhores alternativas para em cada momento de cada atleta eles estejam na plenitude. A má fase faz parte. O importante é manter a cabeça no lugar”, finalizou.

Ainda sem vencer após a Copa América, o Tricolor Baiano chegou aos 16 pontos no Campeonato Brasileiro, se instalando temporariamente na 11ª colocação. Agora o Esporte Clube Bahia terá uma sequência de dois jogos complicados, primeiro no próximo domingo (04/08), contra o Flamengo, às 16h, na Arena Fonte Nova. Depois, no dia 11 de agosto, vai até a capital paulista enfrentar o Palmeiras, às 16h, no Allianz Parque.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*