Rescisões de jogadores são confirmadas; Bahia embolsa R$ 4,3 milhões

Douglas Augusto foi para Grécia e Paulinho para Dinamarca

Fotos: Felipe Oliveira

O volante Douglas Augusto e o lateral-esquerdo Paulinho tiveram suas rescisões contratuais com o Esporte Clube Bahia publicadas nesta terça-feira (2) no Boletim Informativo Diário da CBF. Douglas, que estava emprestado ao tricolor até dezembro e pertencia ao Corinthians, assinou com o PAOK, da Grécia que desembolsou 3 milhões de euros (cerca de R$ 13 milhões) por 85% dos direitos do jogador de 22 anos. O Tricolor receberá 10% do total (R$ 1,3 milhão) pela “taxa de vitrine”. Paulinho, por sua vez, foi negociado pelo Bahia para o Midtylland, clube da Dinamarca que contratou Júnior Brumado em janeiro.

 

O negócio do lateral-esquerdo rendeu R$ 3 milhões ao clube baiano pela venda de 50% dos direitos do atleta. Além disso, o clube baiano receberá 20% do valor total de uma futura venda. No total, o Esquadrão embolsou R$ 4,3 milhões. Segundo o presidente Guilherme Bellintani, a diretoria já tem reforços encaminhados para reposição.

O Corinthians comprou 100% dos direitos econômicos de Douglas Augusto junto ao Fluminense por R$ 6,6 milhões em julho do ano passado e assinou contrato até o fim de 2022. Porém, por lá o jogador não se firmou. Foram apenas 21 partidas disputadas pelo clube do Parque São Jorge e um único gol marcado. Pelo Bahia, foram 30 partidas disputadas (apenas uma como reserva na estreia), se firmando como titular do meio-campo virando peça importante do esquema tático de Roger Machado com três volantes, ao lado de Gregore e Elton.

Já o lateral Paulinho foi contratado pelo Bahia no dia 3 de agosto de 2018 junto ao São Bento-SP e na temporada passada atuou oito vezes pelo time tricolor, entre Sul-Americana (1) e Campeonato Brasileiro (7). Esse ano, foram 9 partidas, entre Sul-Americana, Brasileirão, Copa do Brasil, Campeonato Baiano e Copa do Nordeste. No total, são 17 jogos, sendo 15 como titular e dois saindo do banco de reservas.

Ele até iniciou o ano como titular na vaga de Léo (hoje no São Paulo) e logo na primeira partida do ano, deu passe para o atacante Gilberto marcar o gol no empate contra o CRB, pela Copa do Nordeste. Porém, com a chegada de Moisés, Paulinho voltou a ser reserva imediato. A última vez que entrou em campo foi no dia 5 de maio, quando o Tricolor Baiano venceu o Avaí por 1 a 0, na Arena Fonte Nova, pelo Campeonato Brasileiro.

 

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*