Próximo adversário do Bahia, Chapecoense demite o técnico Ney Franco

Treinador não resistiu a goleada sofrida contra o São Paulo

LIAMARA POLLI/AM Press

Dois dias após ser goleado pelo São Paulo por 4 a 0 no Morumbi e às vésperas do jogo contra o Esporte Clube Bahia, a Chapecoense anunciou a demissão do técnico Ney Franco. O anúncio, que já era esperado, aconteceu na noite desta quarta-feira (24). O clube catarinense faz o pior início de Brasileirão desde o acesso e está na zona de rebaixamento. O auxiliar Rodnei também deixa o Verdão. Com isso, Emerson Cris assume interinamente e provavelmente comandará a equipe diante do Esquadrão, no próximo domingo, às 11h, na Arena Condá, em Chapecó.

 

O treinador foi contratado em março, na reta final do Campeonato Catarinense, para assumir o lugar de Claudinei Oliveira. Em 18 jogos, foram 5 vitórias, 4 empates e 9 derrotas, 35,19% de aproveitamento, e não conseguiu levar a Chape ao título estadual.

Com 52 anos, Ney Franco tem passagens por grandes clubes nacionais como Flamengo, São Paulo, Botafogo, Atlhetico-PR, Coritiba, Vitória e Sport. Mineiro de Vargem Grande, ele também comandou a seleção brasileira sub-20 e ajudou na conquista do Mundial e do Sul-Americano de 2011.

Deixe seu comentário!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*