Bahia tem seu melhor início de Brasileirão na era dos pontos corridos

Esquadrão tem 14 pontos e ocupa o oitavo lugar

Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia

Após as nove primeiras rodadas do Campeonato Brasileiro, o Esporte Clube Bahia atingiu a sua melhor pontuação e posição na era dos pontos corridos com 20 clubes, sendo o melhor início de competição. O Tricolor, neste momento, ocupa a oitava colocação na tabela de classificação com 14 pontos. Foram quatro triunfos, dois empates e três derrotas, tendo marcado 11 gols e sofrido outros 11. Um aproveitamento de 51,9%. Dentro de casa, o aproveitamento é de 100%. O Bahia tem o oitavo melhor ataque e a 10ª melhor defesa da competição.

 

Ao todo, Roger Machado utilizou 22 jogadores na competição. O artilheiro é Artur, com três gols marcados e Gilberto, com duas assistências, é o maior garçom. O capitão Lucas Fonseca foi o único do elenco que atuou nas nove partidas, todas como titular. Nenhum atleta foi expulso até então, mas 13 cartões amarelos foram assinalados.

Nas outras edições dos pontos corridos, a melhor colocação que o Bahia havia alcançado ao final de nove rodadas foi a nona posição, em 2013, com 13 pontos somados.

Confira as campanhas do Tricolor nas outras edições dos pontos corridos após nove rodadas:

2011 – 10 PTS – 2T 4E 3D – 16º

2012 – 7 PTS – 1T 4E 4D – 18º

2013 – 13 PTS – 3T 4E 2D – 9º

2014 – 8 PTS – 2T 2E 5D – 16º

2017 – 10 PTS – 3T 1E 5D – 15º

2018 – 8 PTS – 2T 2E 5D – 18º

Deixe seu comentário

1 Comentário

  1. A questão é se o nosso grupo de jogadores será preservado e reforçado. Se isso acontecer, poderemos ter um belo final de ano em 2019. Esse recorte da “era dos pontos corridos”, não faz jus à história do clube, pois coincide com o pior período em termos de gestão do Tricolor. Ele dá uma impressão que qualquer pequena coisa é algo épico, quando na verdade, a nossa torcida espera muito mais que apenas fazer uma campanha digna.
    Estão todos de parabéns, pois o processo de reestruturação do clube está sendo bem conduzido, mas o Bahia é muito maior que esse recorte, neste período o Tricolor havia sido apequenado por uma sequência de gestões desastrosas, para dizer o mínimo.
    Temos um início de campeonato promissor, mas esperamos um final de ano feliz, pois é isso que realmente conta.

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*