Cansaço facilitou o triunfo do Bahia, diz técnico do Corinthians

Bahia venceu o Corinthians por 3 x 2 na estreia do Brasileiro

O Esporte Clube Bahia estreou bem no Campeonato Brasileiro, enfrentou e venceu o Corinthians hoje à tarde na Fonte Nova, quebrando uma sequência de sete anos do time paulista sem derrota em estreia de brasileiro. A última vez que o timão perdeu em situação semelhante aconteceu já no distante ano de 2012 quando foi derrotado pelo Fluminense, ainda assim, é preciso considerar que naquela oportunidade, o time paulista utilizou-se de um time reserva já que estava envolvidos em outras competições.

Depois do jogo, o técnico, Fábio Carille que antes do jogo já destacava que este será um dos campeonatos mais disputados dos últimos tempos, buscou amenizar a derrota.

“Eu trabalho jogo a jogo, semana a semana, não dá para pensar em 12 rodadas. Vamos pensar na próxima, agora é a Chapecoense, vamos fazer por merecer. Não gosto de pensar muito, mas acho que vai ser um dos campeonatos mais disputados desses últimos anos.

 

Ainda segundo o treinador, a derrota para o Bahia não preocupa tanto, porque a equipe veio de duas decisões – a final do Campeonato Paulista e contra a Chapecoense na Copa do Brasil – e por isso estava mais cansada, mas deve dar sequência ao trabalho durante a semana.

“Dá pra jogar de igual para igual. É um início, estamos vindo de decisões, o Bahia teve uma semana mais tranqüila, nós tivemos que buscar o resultado dentro de casa, se referindo ao jogo contra a Chapecoense pela Copa do Brasil vencido pelo placar de 2 x 0. É muito cedo para falar. Até a parada da Copa América vai dar para ver quem vai brigar e dar uma ideia de como vai ser o campeonato”, explicou.

O Corinthians agora volta a enfrentar a Chapecoense que estreou vencendo o Internacional da Arena Condá em Chapecó, enquanto, o Bahia no Rio de Janeiro enfrenta o Botafogo que estreou com derrota para o São Paulo no último sábado por 2 x 0 no Estádio do Morumbi.

Deixe seu comentário

6 Comentário

  1. em outro trecho da entrevista ele disse que o Corinthians teve maior posse de bola e o Bahia jogou por uma bola, uma grande inverdade, a posse do time paulista era fruto apenas de passes laterais, sem muita objetividade. Quem fez cera foi o Corinthians, tanto que o seu goleiro recebeu cartão amarelo.
    O Bahia foi melhor, apesar de não ter feito uma grande partida.

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*