Bahia inicia conversa para contratar um lateral-direito, revela Bellintani

Posição é uma carência no atual elenco do tricolor

Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia

O Esporte Clube Bahia mais de um time de reforços para a temporada 2019. O atacante Arthur Caíke foi o 13º nome contratado pela atual diretoria, porém, alguns chegaram para compor o time B e não tem permanência garantida para o Campeonato Brasileiro, casos de Xandão e Fernando Medeiros que assinaram até maio. Antes de Arthur Caíke, o Esquadrão já havia anunciado Matheus Silva (lateral-direito); Ernando e Xandão (zagueiros); Moisés (lateral-esquerdo); Douglas e Fernando Medeiros (médios-volantes); Artur, Guilherme e Shaylon (meias-atacantes); Rogério, Fernandão e Iago (atacantes).

Apesar do número robusto de reforços, o Esporte Clube Bahia ainda está no mercado e a prioridade é a contratação de um lateral-direito, posição que conta hoje com o contestado Nino Paraíba e os jovens Matheus Silva e Douglas Borel, este último de apenas 16 anos, mostrou potencial na estreia dando passe para gol de Gilberto na goleada sobre a Juazeirense por 7 a 1, e merecia ter mais oportunidades, no entanto, depois disso sumiu.

Em entrevista à Rádio Itapoan, de Salvador, o presidente Guilherme Bellintani revelou que o Bahia iniciou conversas para contratar um lateral-direito, mas não citou nomes. “A gente está começando uma conversa, mas também muito difícil a vinda dele. A gente, a priori, está olhando o mercado com todo o cuidado. Não acho que é problema de reforço”, disse o mandatário.



Deixe seu comentário

1 Comentário

  1. Cadê os sabidos q viviam esculhambando quem criticou certas contratações como Rogério, Guilherme, Mateus, Xandão, ernando? aparece agora! Tem muito jogador q veio de refúgio e nem assim se esforça em campo, hoje tava nítido a má vontade de quase todos em campo, Arthur, Ramires, Gilberto, foram os poucos q n se esconderam tentaram alguma coisa, espero q venha um jogador pra chegar e jogar, n dá pra ficar procurando jogador q ganha pouco e trazer 3,4 pra mesma posição q juntando n dá um e q gasta um valor mais q o salário de um bom jogador, assim n dá, e fora Enderson, treinador da mesmice, fraco e perdido acho q já deu, manda embora antes q o brasileiro comece.

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*