Zagueiro chega sem custos e Bahia ficará com o direito federativo

Bellintani destacou a importância da transação

Foto: Lucas Uebel

O Esporte Clube Bahia ainda aguarda a rescisão de contrato do zagueiro Ernando com o Internacional para assinar com o jogador e fazer o anúncio oficial. O defensor, de 30 anos, que pertence ao Internacional e defendeu o Sport-PE em 2018, chegou no Fazendão na última terça-feira (8) e se juntou ao grupo principal.

Ernando, que trabalhou com o técnico Enderson Moreira no Goiás em 2012 e 2013, chega para disputar posição com Jackson, Lucas Fonseca, Tiago, Everson, Ignácio e Jacques.

Nesta sexta-feira, em entrevista ao Jornal Correio, o presidente do Bahia, Guilherme Bellintani, revelou que faltam alguns detalhes para discutir o distrato com o Inter e destacou que o atleta chegará livre e em definitivo, ou seja, o direito federativo ficará com o Esquadrão que não pagará nada ao clube gaúcho.

“Ele está em Salvador, mas ainda estamos negociando. Ele tem ainda alguns detalhes para discutir com o clube e também o distrato com o Inter. Se der certo vai ser ótimo. Foi uma colocação que pra gente é muito importante, por uma questão comercial mesmo, do atleta vir livre e o Bahia ter o ganho do direito federativo”, completou Bellintani.



Natural de Flores de Goiás (GO), Ernando Rodrigues Lopes tem 30 anos e só defendeu três clubes na carreira. Revelado no Goiás, foi comprado pelo Internacional em 2014 após cinco temporadas sendo titular da defesa esmeraldina. No Colorado, também teve atuações destacáveis e foi titular até a temporada 2016. Em 2017 perdeu espaço e fez apenas 14 jogos, sendo emprestado ao Sport-PE em 2018, entrando em campo 32 vezes. Pelo Inter, atuou 170 partidas e marcou 8 gols. Já pelo Goiás, foram 240 jogos e 5 gols anotados.

VEJA MAIS

Deixe seu comentário