Vice-presidente do Bahia nega proposta por Ramires e tratativa por Jean

Victor Ferraz disse que o Bahia conta com Ramires em 2019

O meia Ramires, de 18 anos, é o jogador do Bahia hoje mais cobiçado e também um dos mais desejados do futebol brasileiro nesse período de mercado da bola. Além dos clubes europeus, já teve seu nome ligado à Palmeiras, Flamengo, Santos e Corinthians. Nos últimos dias, a imprensa paulista noticiou que Corinthians e Santos fizeram propostas pelo jovem promissor que atualmente está à serviço da Seleção Brasileira Sub-20, inclusive, foi revelado pela mídia que a diretoria tricolor havia recusado a investida do Peixe.

No entanto, na noite desta quarta-feira (09), em entrevista ao Globoesporte, o vice-presidente do Bahia, Vitor Ferraz, tratou de negar a informação e afirmou que não houve nenhum tipo de oferta formal pelo meia Ramires, além disso, garantiu que a diretoria aguarda o retorno do jogador da Seleção e conta com ele para a temporada 2019.

“Não houve nenhum tipo de oferta formal. O que há, sim, é muita especulação, muita conversa, o que é normal no mercado. Ainda mais se tratando de um atleta com as características de Ramires, chamando atenção como ele está. Mas, neste momento, a gente está apenas aguardando e conta com o atleta em nosso elenco assim que ele retornar da Seleção Brasileira”, disse

CASO JEAN:



Outro assunto que foi revirado nos últimos dias, foi em relação ao interesse do São Paulo em adquirir os outros 30% dos direitos econômicos do goleiro Jean, fatia que pertence ao Bahia, e a hipótese até de envolver um jogador, caso do atacante Santiago Tréllez. A intenção do clube paulista é ficar com 100% do passe do arqueiro para lucrar ainda mais com uma negociação futura para o mercado europeu, já que ele foi sondado por Inter de Milão, Benfica, Porto e Manchester City recentemente. Victor Ferraz afirma que não existem tratativas para negociar a parte do jogador e nem o desejo de se desfazer da porcentagem.

“São especulações que surgem na imprensa. A gente nem comenta, porque são circunstâncias que a gente nem sabe como surgiram. Então o Bahia tem o percentual, é um atleta que é virtuoso, que tem um futuro promissor pela frente. E, por enquanto, é um ativo que o clube mantém. Não tem nenhum tipo de tratativa neste sentido”, assegurou.

VEJA TAMBÉM:

Deixe seu comentário

2 Trackbacks / Pingbacks

  1. p429#https://bizhub24.pl
  2. pest control trap

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*