Ramires deverá ter o seu futuro definido pelo Bahia após o Sul-Americano Sub-20

Jogador tem contrato até o final de 2022

Foto: Felipe Oliveira /Divulgação/EC Bahia

Monitorado por clubes do futebol brasileiro, como Flamengo, Palmeiras, Corinthians e Santos, e do Futebol Europeu, casos de Borussia Dortmund e Manchester City, entre outros, o meio-campista Ramires pode deixar o Esporte Clube Bahia ainda em 2019, porém, a diretoria só aceitará vendê-lo quando chegar uma proposta justa pelo talentoso jogador de 18 anos. As propostas que chegaram, até então, não agradaram e foram recusadas pelo Tricolor Baiano, duas do Santos, uma do Corinthians e outra do futebol europeu.

Em entrevista exclusiva para a reportagem do TV é Brasil, o representante de Ramires e ex-jogador da dupla BA-VI, Uéslei Pitbull comentou sobre o assunto e afirmou que tem surgido muitas especulações, além disso, revelou que o futuro do atleta deverá ser definido após o Sul-Americano sub-20, que está sendo realizado no Chile. O contrato do atleta com o Esquadrão é válido até o fim de 2022.

“Muitas especulações (pelo Ramires), mas só depois do Sul-Americano para uma conversa mais concreta e temos que esperar até lá”, destacou o empresário.



Recentemente, o Santos fez duas investidas por Ramires. A primeira oferta, recusada pelo Bahia, foi de US$ 3,5 milhões (R$ 13 milhões na cotação atual), além do goleiro Vladimir em definitivo e dois jogadores por empréstimo: o meio-campo Jean Mota (que é alvo do Esquadrão) e o volante Alison. A segunda foi de 5 milhões de euros (R$ 21,3 milhões) e outros atletas oferecidos na transação: Jean Mota, Alison, Daniel Guedes e Vladimir. O Corinthians chegou a oferecer R$ 8,5 milhões e o lateral-esquerdo Moisés em definitivo, também rejeitada.

Eric dos Santos Rodrigues (Ramires) foi promovido ao elenco principal após chamar a atenção do técnico Enderson Moreira atuando pelo time Sub-23 no Brasileiro de Aspirantes. Estreou entre os profissionais sendo titular no duelo contra o Sport-PE, em que o Bahia venceu por 2 x 0, na Fonte Nova, e desde então se firmou entre os titulares. Marcou seu primeiro gol no triunfo por 2 x 1 diante do Botafogo, pela Copa Sul-Americana. Na temporada passada, fez 17 partidas e marcou dois gols, sendo titular absoluto do time no segundo turno do Brasileirão.

 

Comentários:

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*