Lateral exalta passagem pelo Bahia e revela momentos mais marcantes

"O grupo me abraçou e fiquei muito feliz pela oportunidade"

Fora dos planos do Bahia para a temporada 2019, o lateral-direito Bruno não terá o contrato (que encerra no final de dezembro) renovado pelo clube e, como seu vínculo com o São Paulo também termina no próximo dia 31, ele ficará livre no mercado e, por isso, já analisa algumas propostas com a família. Pelo Esquadrão, foram 18 jogos, 17 deles como titular. Porém, as atuações não foram conviventes para fazer com que a diretoria tivesse interesse na manutenção. Por outro lado, seu concorrente, Nino Paraíba, renovou até o final de 2019.

Em entrevista à ESPN, Bruno falou sobre sua saída do São Paulo (onde não vinha tendo chances com o técnico uruguaio Diego Aguirre) e destacou a passagem pelo Bahia o qual ele trata como muito importante para voltar a ficar em evidência e recuperar a confiança. Sobre os momentos marcantes no Esquadrão, o jogador relembrou a goleada sobre o Vitória por 4 x 1 na Arena Fonte Nova, a virada sobre o Ceará que ele deu passe para gol e o duelo contra o Palmeiras pela Copa do Brasil em que Felipão elogiou a equipe tricolor.

Veja abaixo trechos da entrevista:



SAÍDA DO SÃO PAULO E IDA PARA O BAHIA
“Eu não vinha jogando muito no São Paulo com o Aguirre. Eu conversei com o Raí e entramos em acordo para eu ser emprestado porque precisava jogar mais vezes. Foi bom para mim, apesar de eu não ter jogado a Sul-Americana porque já havia atuado. Eu cheguei sem ritmo de jogo, mas o Bahia me deu todas as condições e foi o que eu esperava, terminei o ano jogando”

PASSAGEM PELO ESQUADRÃO
“Foi uma passagem muito boa para mim. Eu cheguei lá e o [técnico] Enderson Moreira também tinha acabado de chegar. E foi tudo muito rápido porque eles estavam precisando de laterais. Eu cheguei em uma semana estreei junto com o Gilberto. A gente quer jogar, estar em evidência, e poder ajudar. O grupo me abraçou e fiquei muito feliz pela oportunidade. Eu voltei a ser o Bruno e a ser importante”

MOMENTOS MARCANTES
“O clássico contra o Vitória que vencemos por 4 a 1. O jogo contra o Ceará que vencemos de virada no Brasileiro que eu dei o passe para o gol. Ali poderia nos complicar contra o rebaixamento no fim do campeonato. A Copa do Brasil contra o Palmeiras. Mesmo sendo eliminados, nós fizemos grandes partidas. O Felipão elogiou muito nosso time, que era bem armado e jogava, não ficava só na defesa. Foi um aprendizado e agradeço todo mundo lá”

FUTURO
“Chegando as propostas vou estudar junto com a família. Quero agarrar essa chance e demonstrar meu futebol desde o começo do ano. A partir da semana que vem devo voltar a fazer algum trabalho físico para me apresentar bem ao novo time”

Deixe seu comentário