Bellintani se esquiva e evita responder declarações de Paulo Carneiro

"não costumo criticar ex-diretores do clube", disse

Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia

Após as declarações polêmicas do ex-presidente do Vitória, Paulo Carneiro, que também trabalhou como diretor no Bahia (em 2009), o presidente Guilherme Bellintani foi questionado sobre o assunto, em entrevista ao Bahia Notícias na tarde desta quinta-feira, no Palácio Thomé de Souza onde aconteceu a homenagem ao prefeito ACM Neto pelos ex-jogadores campeões brasileiros de 1988, no entanto, o mandatário se esquivou e disse que não costuma criticar ex-diretores do clube publicamente por consideração.

“Tenho maior respeito por Paulo Carneiro, foi um diretor que tem serviços prestados ao Bahia e não costumo criticar ex-diretores do clube publicamente, pela consideração que teve ao Bahia, e quando ajudou o Bahia em vários momentos quando foi diretor. Não me cabe ficar disputando com ele declarações públicas como ex-diretor do Bahia”, explicou.

Em entrevista recente, Bellintani falou sobre a possibilidade do Vitória mandar seus jogos na Arena Fonte Nova e declarou que o rival teria prejuízo se jogasse lá, além de ter dito que o clube rubro-negro teria trabalho para tirar tudo que o Bahia colocou lá para deixar o estádio com a cara e as cores do tricolor baiano. As declarações do mandatário tricolor não foram bem digeridas pelo ex-presidente do Leão, Paulo Carneiro, que rebateu afirmando que o contrato de parceria entre a praça esportiva e o Esquadrão é ilegal.

Veja abaixo:



“Tudo o que o Bahia está fazendo na Fonte Nova é ilegal”, dispara Paulo Carneiro

Deixe seu comentário