Avaí vence o CSA no Rei Pelé e adia acesso dos alagoanos para Série A

CSA ainda depende só dele para o acesso inédito

Ailton Cruz/ Gazeta de Alagoas

CSA e Avaí fizeram neste sábado no Estádio Rei Pelé em Maceió completamente lotado, uma autêntica batalha por uma vaga dentro do G4 da Série B do Campeonato Brasileiro, justamente pela penúltima rodada, onde somente o Fortaleza garantiu vaga antecipadamente, registrando uma Série B de maior emoção para a decisão dos três últimos classificados dos últimos anos.

Para o CSA, um triunfo simples bastaria para bater o martelo e retornar à primeira divisão depois de mais de 38 anos. No entanto, o Avaí do técnico Geninho venceu pelo placar de 1 x 0 mesmo atuando todo o segundo tempo com 10 jogadores após a expulsão do lateral Capa por jogada violenta. Getúlio de cabeça marcou o único gol da partida aos 35 minutos do primeiro tempo calando o estádio Rei Pelé.

Com o resultado, o Avaí assume a vice-liderança agora com 60 pontos, enquanto o CSA, com 59 caiu para a quarta posição. Porém, o time nordestino pode ser superado na sequência da rodada na hipótese de um triunfo do Goiás que enfrenta o Oeste às 20h na Arena Barueri em São Paulo. Neste cenário, o time do planalto central, remove o CSA do G4 e praticamente garante o retorno, mas não inviabiliza o acesso do CSA.



Na sequência da competição, o Avaí caprichosamente encara a Ponte Preta no Estádio da Ressacada em Santa Catarina. Um simples empate devolve o time catarinense para a primeira divisão do Campeonato Brasileiro da Série A. Derrota pode custar o acesso. Para a Ponte Preta só os três pontos interessam.

Já o CSA enfrenta o rebaixado Juventude no Rio Grande do Sul e, vencendo, obtém acesso independente de qualquer outro resultado já que ultrapassaria Ponte Preta ou Avaí. O fato acontece pelo duelo direto entre Avaí e Ponte Preta, um elimina o outro. Porém, um empate do CSA, ele dependeria da derrota da Ponte Preta para o Avaí na última rodada.

O Goiás vencendo o Oeste hoje à noite e o Brasil de Pelota no próximo sábado no Estádio Serra Dourada é outro que retornar ao Brasileiro da Série A, após três anos de ausência.

Veja também

Deixe seu comentário