Lateral do Bahia é punido pela Conmebol e também não enfrenta o Atlético-PR

Léo foi suspenso por 2 jogos e não joga nesta quarta

Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia

O técnico Enderson Moreira ganhou mais uma dor de cabeça para armar o time do Bahia que enfrenta o Atlético Paranaense, nesta quarta-feira (23), às 21h45, na Arena Fonte Nova, pelo jogo de ida das quartas de final da Copa Sul-Americana. Além de Gilberto (vetado) e Élber (dúvida), o treinador não terá o lateral-esquerdo Léo que foi punido pela CONMEBOL por ter sido expulso no primeiro jogo das oitavas de final contra o Botafogo.

Através de nota divulgada à imprensa na noite desta terça-feira (23), o Esporte Clube Bahia informou que Léo foi suspenso por dois jogos. No lance, Léo acabou acertando o meia Luiz Fernando com um tapa. A arbitragem viu o lance e ele recebeu cartão vermelho. Com a suspensão, o lateral-esquerdo Paulinho – que jogaria como ponta – deve ser deslocado para sua posição de origem.

Gilberto também está fora do jogo. Ele substituído no jogo contra o Botafogo após sentir dores no joelho e ficou no departamento médico na segunda-feira. Nesta terça-feira (23), ele também não treinou e será confirmado como desfalque pelo clube. Sem Gilberto, Enderson deve optar por Edigar Junio no ataque.

O segundo e decisivo jogo será será no dia 31 de outubro, também às 21h45, na Arena da Baixada, em Curitiba. Quem avançar, enfrenta nas semifinais o vencedor do duelo entre Fluminense e Nacional do Uruguai.



Gramado da Fonte Nova com buracos e em péssimas condições, relata Atlético-PR

Deixe seu comentário