Zagueiro pouco conhecido da torcida tricolor recebeu ‘bolada’ do Bahia

Bruno Neves surgiu na base, mas quase não atuou pelo principal

Foto: Gazetapress

Nesta sexta-feira (13) na Sala Nº 2 de Sessões das Turmas do TRT5 acontecerá a audiência global para tratar da renovação dos efeitos da Resolução Administrativa que suspendeu os atos executórios expedidos contra o Esporte Clube Bahia, no Juízo de Conciliação de 2ª Instância (JC2). Atualmente, o clube paga por mês R$ 600 mil como acordo pelos processos. Até o final do mês passado, já havia quitado 165, no total de R$ 26 milhões, mas ainda restam 34 processos, com valor próximo de R$ 17 milhões.

Em matéria veiculada nesta quinta-feira (13) no site Correio da Bahia, o jornalista Bruno Queiroz traz informações mais detalhadas sobre o assunto, e o que mais chamou a atenção é o caso do zagueiro Bruno Neves, cria da divisão de base do clube e que, apesar de lembrar do atleta, não tenho lembrança de atuações dele pelo time principal e nem sei por onde anda. Se jogou algumas partidas, foram pouquíssimas, à ponto de ser um desconhecido da nação tricolor.

Pois bem. Segundo a matéria, o jogador recebeu o valor de R$ 4 milhões do Bahia com processos trabalhistas, mesmo quase não tendo atuado pelo time principal. Aliás, foi difícil encontrar informações sobre a atual localização do atleta. No site O gol, consta que ele foi emprestado pelo Bahia ao Camaçari em 2012 e em 2014 defendeu o Boca Júnior-SE, porém, sem relatos de partidas pelo clube.

Veja abaixo outros jogadores que com valores a receber:



Ainda de acordo com o CORREIO, os processos pendentes, estão os movidos pelos jogadores Danny Morais, Rafael Miranda, Ricardinho, Freddy Adu e Kleberson. Este último tem R$ 2,4 milhões a receber do Bahia. Rafael Miranda e Freddy Adu, que chegaram ao Fazendão em 2013, têm R$ 1 milhão cada a receber. O goleiro Omar, que deixou o clube no fim de 2015, e o lateral direito Alef, que trocou o Bahia pelo Vitória ainda na divisão de base por falta de recolhimento do FGTS, são os próximos a receber.

Quem ainda vai receber R$

Kléberson R$ 2.400.000,00
Danny Morais R$ 1.791.000,00
Ricardinho R$ 1.088.000,00
Freddy Adu R$ 1.075.000,00
Rafael Miranda R$ 1.018.000,00

VEJA TAMBÉM:

Bahia já pagou mais de R$ 4 milhões com processos à ex-treinadores

Deixe seu comentário