Enderson Moreira explica o fato de não utilizar Ramires contra o São Paulo

Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia

Um dos questionamentos na entrevista coletiva do técnico Enderson Moreira após derrota para o São Paulo no Morumbi, foi pelo fato da não utilização do meio-campista Ramires, de 18 anos, que substituiu Vinícius no duelo de quarta-feira, contra o Sport-PE, em que o tricolor venceu por 2 x 0, na Arena Fonte Nova, diga-se, o garoto foi um dos destaques da partida, não sentindo o peso da camisa na estreia pelo profissional. No entanto, neste sábado, o jovem estava no banco de reservas, mas não entrou em campo.

Para o treinador, fizeram muito ‘auê’ após boa atuação do menino no meio de semana e é perigoso isso. Ressaltou ainda que é preciso ter tranquilidade para lançar o jovem.

Veja abaixo:



“São questões internas. lançar um jovem tem que ter tranquilidade. Fizeram muito ‘auê’ e é perigoso isso. Ele tem que ganhar espaço de forma natural. Naquele jogo a gente não tinha o Vinícius e preferi colocar jogadores de velocidade, de ótimo um contra um. O Ramires tem potencial e naturalmente ele vai conquistar o espaço dele. Aos pouquinhos ele vai participando”, apontou.

“A gente tentou apertar, mas o São Paulo é qualificado”, diz técnico do Bahia

Deixe seu comentário