Meia do Bahia pede desculpas à torcida e parabeniza Sampaio Corrêa

Mesmo com o futebol fraco apresentado pelo Bahia nas fases de mata-mata da Copa do Nordeste e o tropeço no jogo de ida da final contra o Sampaio Corrêa, por 1 a 0, em São Luís do Maranhão, a torcida acreditou e abraçou o time colocando 45 mil pessoas no último sábado na Arena Fonte Nova e antes recepcionando calorosamente os jogadores na chegada ao estádio, no entanto, o enorme apoio não foi capaz de motivar a equipe que dentro de campo foi medíocre e incapaz de marcar um golzinho sequer para ao menos levar a decisão para os pênaltis.

Após a partida, em entrevista à Rádio Metrópole, o meia Vinícius – que entrou no segundo tempo após pedidos da torcida e pouco fez em campo – pediu desculpas ao torcedor que compareceu à Fonte Nova pelo fracasso na decisão e aproveitou para parabenizar o Sampaio Corrêa, campeão com méritos. O jogador destacou que agora é ver onde o grupo errou e tentar consertar.

“[Faltou] O gol. Tivemos algumas chances, mas é complicado. Dificil falar nesse momento. Pedir desculpas ao torcedor que compareceu. Parabenizar o Sampaio que foram campeões. É triste, mas a vida continua. Ver o que erramos para consertar e crescer no ano. Estamos em competições importantes. Vamos continuar firme e forte. Desculpa ao nosso torcedor”, disse.



Especulado no Bahia, argentino vai jogar no Vitória, garante Jornal “Olé”

Deixe seu comentário