Em 24 minutos, Juazeirense atropela o Atlético-AC e volta a vencer na Série C

De forma impressionante e avassaladora, a Juazeirense precisou de apenas 24 minutos para liquidar a fatura diante do Atlético Acreano, na tarde deste sábado (14), no estádio Adauto Moraes, em Juazeiro, pela 14ª rodada da Série C. Com dois gols de Salatiel (12 e 14 minutos) e dois de Toni Galego (19 e 24 minutos), o Cancão de Fogo construiu um placar confortável de 4 a 0 contra o líder do Grupo A e mesmo com a expulsão de Emílio aos 47 da primeira etapa, conseguiu administrar o resultado, garantindo o triunfo por 4 a 0.

Esse foi o primeiro triunfo do técnico Evandro Guimarães com a Juazeirense. Na estreia dele, o Cancão empatou com o Globo-RN (1 x 1) na rodada passada. Com esse triunfo sobre o Atlético-AC, a equipe de Juazeirense encerra um jejum de 7 jogos sem vitória. A última vitória havia sido no dia 19 de maio contra o Náutico, justamente o próximo adversário.

O resultado tirou a Juazeirense da zona de rebaixamento do Grupo A, que agora tem 16 pontos e ocupa a 8ª colocação, porém, ainda em caráter provisório, já que o Salgueiro (9º colocado com 15 pontos) enfrenta o Náutico na segunda-feira (16), às 21h15, no Cornélio de Barros. O lanterna da chave é o Remo. Já o Atlético Acreano, mesmo com a derrota, permanece confortavelmente na liderança com 26 pontos.

O próximo compromisso da Juazeirense é no sábado, dia 21, quando visita o vice-líder do grupo A, que é justamente o Náutico, rodadas atrás inserido na briga contra o rebaixamento e hoje lutando pela vaga na próxima fase. O jogo acontece às 17 horas, na Arena Pernambuco.



ESCALAÇÕES:

JUAZEIRENSE: Tigre, Capone, Emílio, Alysson, Deca; Júnior Gaúcho, Rodolfo Potiguar, Jussimar, Juninho Tardelli, Toni Galego e Salatiel. Técnico: Evandro Guimarães

ATLÉTICO-AC: Ruan, Matheus, Douglas, Diego, Alfredo; Gabriel, Kássio, Marquinhos, Tauã, Jeferson e Neto. Técnico: Álvaro Miguéis

ARBITRAGEM
A partida foi comandada por um trio de Santa Catarina. Célio Amorim foi o árbitro principal, auxiliado por Eder Alexandre e Eli Alves Sviderski. Ricarle Gustavo Gonçalves Batista e Carlos Alberto Souza Vila Nova, ambos da Bahia, foram escalados como quarto árbitro e analista de campo, respectivamente.

Revoltados, Jogadores de clube baiano divulgam nota cobrando salários atrasados

Deixe seu comentário